terça-feira, 30 de novembro de 2010

Éder Luís quer ficar no Brasil

O avançado Éder Luís que está emprestado, bem como o médio Fellipe Bastos, ao Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, até final de Junho de 2011, disse em entrevista à imprensa brasileira que gostaria de continuar no clube carioca.
Porém, o jogador sabe que não depende apenas da sua vontade.
Apesar de não ter jogado todo o campeonato, apenas o fez a partir de Julho, Éder Luís está nomeado para melhor atacante no Prémio Craque do Brasileirão.
Quando falta apenas uma jornada para o final do Brasileirão, o jogador diz que gostaria de conquistar o troféu e fazer melhor ainda na próxima época.

Benfica vence no basquetebol

Na 3ª jornada do Eurochallenge, o Benfica venceu no Pavilhão da Luz a equipa estónia do Tartu Rock por 80-74.
O Benfica esteve sempre na frente, chegando a ter 14 pontos de vantagem. No entanto, teve um colapso no 4º período, permitindo a recuperação dos estónios que chegaram a estar 1 ponto na frente a cerca de 3 minutos do final da partida. Felizmente o Benfica acordou com a ajuda do público e recuperou, acabando por vencer merecidamente a partida.
Esta é a 2ª vitória, ambas em casa, depois de ter perdido na 1ª jornada fora.
Na próxima semana teremos mais uma jornada caseira, desta vez contra os búlgaros do Lukoil Academic, actuais líderes e que já derrotou o Benfica na Bulgária.

Mourinho em maré baixa!

José Mourinho, tem tanto de bom treinador como de arrogante e chico-esperto.
Como se não bastasse a derrota humilhante de ontem frente ao Barcelona, a vingança de Guardiola serviu-se fria, depois da vitória de Mourinho pelo Inter na Liga dos Campeões da época passada, foi conhecido hoje o castigo da UEFA por ter dado ordens para dentro de campo para que Sérgio Ramos e Xabi Alonso forçassem o amarelo para limparem a ficha no último jogo da fase de grupos que já não conta porque o Real já está apurado para os oitavos.
A semana está a ser negra para o Special One.

Quem foi Marinho Neves

Marinho Neves, um dos nomes citados no lacónico, mas inteligente, comunicado do Benfica, uma das grandes vítimas do "sistema" pró-FCP, que teve de enveredar por outro tipo de trabalho para não morrer à fome!

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Um dos citados no comunicado do Benfica

Marinho Neves nasceu no Porto. Filho de um ex-futebolista do Boavista, cedo despertou para o desporto, tendo praticado várias modalidades, mas não o futebol. Foi esta sua paixão pelo desporto que o levou, em 1977, a optar pelo jornalismo da área desportiva.
Logo de inicio, no jornal portuense Norte Desportivo, apaixonou-se pelo jornalismo de investigação. Em 1981, ingressou na Gazeta dos Desportos. E, durante década e meia, foi assinando trabalhos de relevo na luta contra a fraude e a corrupção no futebol, com destaque para a denúncia do processo de recolha de líquido orgânico para o controlo antidoping, obrigando a que tal sistema fosse implementado.
Mas foi na luta contra a corrupção na arbitragem que mais se destacou. Em 1992, publicou uma reportagem com o título Corruptos e Bem Pagos, em que denunciava vários processos de corrupção na arbitragem e como funcionavam os seus mais diferentes agentes. Foi, por isso, alvo de diversas perseguições, tentativas de agressão e uma emboscada à porta de casa.
Colaborou com a SIC em trabalhos de reportagem, tendo também participado em debates, neste canal de televisão, sobre corrupção, nomeadamente nos programas Donos da Bola e Máquina da Verdade.

Apoio a decisão!

O director de comunicação do Benfica, João Gabriel, deu há pouco uma conferência de imprensa cujo tema foi o acontecido ontem no flash interview após o jogo com o Beira Mar.
Anunciou que o clube já tinha avisado a Liga sobre este tipo de procedimentos por parte dos canais de TV que cobrem as partidas do Benfica e garantiu que se tal se voltar a verificar, deixam de comparecer aos flash interviews no final dos jogos em que intervenham.
Eu apoio incondicionalmente esta decisão. Vão gozar com as mães deles.

Final Four do futsal pode ser novamente em Lisboa

De acordo com o vice-presidente do Benfica para as modalidades, João Coutinho, o Benfica entregou atempadamente a sua candidatura à organização da Final Four, condicionada ao apuramento do clube para a mesma.
Como também o Sporting conseguiu o apuramento, é possível, ainda de acordo com aquele dirigente, que a FPF avance com a candidatura.
Já imaginaram uma final Benfica-Sporting em Lisboa?

Besta quadrada!

Realmente existe muita dor de corno em relação ao Benfica! Mas, porque será que estes corajosos não fazem estas perguntas despropositadas a treinadores doutros clubes situados acima do rio Douro?

domingo, 28 de novembro de 2010

Glorioso Futsal na Final Four novamente

Havia muito optimismo para o jogo com os sérvios do Ekonomac Kragujevac, apesar destes jogarem em casa.
Esse optimismo começou a confirmar-se logo aos 5 minutos através dum golo do brasileiro Diece. Cerca dos 14 minutos Arnaldo aumenta para 2-0, reduziram os sérvios 3 minutos depois, resultado com que se atingiu o intervalo.
O Benfica teve um início de 2ª parte demolidor e no espaço de 2 minutos, entre os 24 e os 27, marcou 3 golos, por Diece novamente, por Joel Queirós e por Diego Sol, ficando com o jogo praticamente decidido. Reduziu o Ekonomac a 3 minutos do fim.

O Sporting ganhou aos espanhóis do El Pozo Murcia por 5-3, classificando também para a Final-Four que terá lugar em Abrilde 2011.

Que Benfica hoje em Aveiro?

Após dias bastante conturbados que equipa teremos hoje em Aveiro?
Claro que não poderá ser uma equipa super confiante, uma equipa desinibida. Seria pedir demais! Ainda assim, espero uma equipa com vontade de vencer e que o conseguirá com mais ou menos dificuldade, a menos que o Beira Mar consiga marcar muito cedo e aí as coisas podem-se complicar precisamente devido ao facto dos níveis de confiança estarem baixos.
Já sabemos que não teremos Aimar, o que é uma pena por ser um dos jogadores em melhor forma e que mais tem remado contra a maré nos últimos jogos. Porém, Carlos Martins dá-nos confiança porque também é um dos melhores de momento. Só é pena não poderem jogar os dois.
Força Benfica, estamos contigo!

Mourinho e Ronaldo

Confesso que, em momentos de maior debilidade psicológica, tenho assistido a jogos do Real Madrid com o único propósito de ver um jogador que na época passada alinhava no Benfica a vencer uma partida de futebol. Hoje em dia, é um luxo que não dispenso. Acresce a este prazer, a curiosidade em assistir ao desempenho de José Mourinho e Cristiano Ronaldo, dois portugueses extremamente profissionais, ambiciosos e competentes. É, aliás, possível que o Mundo esteja a ficar com uma ideia ligeiramente errada sobre como são os portugueses. Por sorte, Manuel Cajuda também se encontra a trabalhar no estrangeiro, se não podíamos estar perante um equívoco irreversível.
Há muito que se percebeu que Cristiano Ronaldo é viciado em vitórias. Mas, esta época, em Madrid, o jogador encontrou o seu dealer: José Mourinho. E não podia ter vindo em melhor altura: como passou o Verão a ser treinado por Carlos Queiroz, é provável que Cristiano estivesse já numa fase muito adiantada da desintoxicação.
Dito isto, quando imagino uma palestra de Mourinho no Real Madrid, não consigo evitar lembrar-me da cena em que o druida de Asterix distribui a poção mágica pelos gauleses. Calculo que, por razões óbvias, Cristiano Ronaldo esteja dispensado de ouvir as palavras de motivação do treinador. Ainda assim, depois de muita insistência por parte do jogador, Mourinho deve dizer-lhe: “Tu não precisas, Cristiano. Já te esqueceste que caíste num caldeirão de ambição, quando eras pequeno?”
(Miguel Góis, in Record)

sábado, 27 de novembro de 2010

O cinismo do Record

O jornal Record depois de ontem ter escrito inverdades sobre David Luiz, hoje publica a reacção do jogador às críticas dos adeptos, mas não se retrata daquilo que escreveu sobre ele.
Não vou referir o que foi dito porque sei que todos os benfiquistas leram e ficaram chocados pela negativa, apesar de duvidarem do que foi dito na notícia.
Quanto a mim faltou um comunicado do Benfica a desmentir o que foi dito pois ao não fazê-lo publicamente deixa alguns adeptos na dúvida. Certamente terão tido uma palavra para com o jogador, mas não o fizeram para o exterior e teria sido importante.

Rui Unas e Rita Pereira

O vestido de Rita Pereira na entrega dos Emmys continua a dar que falar e Rui Unas explora bem à sua maneira a situação. Imperdível!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Arrancada a ferros

A equipa de futsal do Benfica conseguiu hoje a 2ª vitória na Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup.
Vitória arrancada a ferros a 3 segundos do final, mas mais que merecida, por 2-1 sobre os ucranianos do Time Lviv. 
Foi um massacre, com dois penáltis falhados, um por Joel Queirós e outro por Diece.
Os golos foram da autoria de Joel Queirós (penálti) já na 2ª parte, a igualar a partida, depois do adversário ter aberto o marcador pouco antes também de penálti, e do capitão Pedro Costa quando já se previa o empate.
Agora vem o osso mais duro, os donos da casa, o Ekonomac Kragujevac que venceu também os dois jogos por margens bem mais folgadas. Assim, teremos de ganhar, enquanto aos sérvios basta o empate.

As assistências dos 3 grandes

Apesar da prestação menos boa da equipa do Benfica, ainda assim, tem mais espectadores em casa que os rivais FCP e SCP.
Época 2010/2011
Benfica
Lotação: 65.000
(5 jogos em cas)
Jornadas
Adversário
N.º espectadores
% Assistentes
Total Assistentes
% Total dos 3 Grandes
Académica 
48,905
75.24
48,905
43.30
V.Setúbal
36,975
56.88
85,880
38.45
Sporting
51,899
79.84
137,779
41.18
SCBraga
43,317
66.64
181,096
41.65
Paços de Ferreira
29,529
45.43
210,625
39.43

Sporting
Lotação: 50.095
(5 jogos em casa)
Jornadas
Adversário
N.º espectadores
% Assistentes
Total Assistentes
% Total dos 3 Grandes
Marítimo
20,828
41.58
20,828
18.44
Olhanense
25,807
51.52
46,635
20.88
Nacional
23,872
47.65
70,507
21.08
Rio Ave
27,752
55.40
98,259
22.60
10ª V.Guimarães
20,093
40.11
118,352
22.16

FC Porto
Lotação: 50.399
(5 jogos em casa)
Jornadas
Adversário
N.º espectadores
% Assistentes
Total Assistentes
% Total dos 3 Grandes
Beira Mar
43,209
85.73
43,209
38.26
SCBraga
47,617
94.48
90,826
40.67
Olhanense
35,430
70.30
126,256
37.74
U. Leiria
29,112
58.11
155,368
35.75
10ª S.L.B.
49,817
98.85
205,185
38.41
(Fonte: Anti-Benfica.COM)

Mas afinal o que se passa?

Vi o vídeo da chegada da equipa a Lisboa e confesso que fiquei surpreso com as críticas do "Barbas". Se até ele que é um dos sócios mais próximos da equipa, quer pelas viagens que faz, quer pelos almoços e jantares que muitos elementos do Benfica têm no seu restaurante, diz o que disse no vídeo, eu fico preocupado.
Já descarreguei a minha frustração sobre o jogo de 4ª feira, agora é tempo de olhar para o futuro.
E que futuro nos reserva a equipa de futebol para o que resta desta época?
Iremos começar a ver, ou não, já neste domingo, se a equipa ficou afectada psicologicamente pela derrota em Israel. Espero bem que não e triunfe em Aveiro. E como seria bom que os corruptos escorregassem em Alvalade para nos dar novo alento.
Que mal fizemos nós a Deus para nos castigar tão duramente esta época? Em 18 jogos, 8 derrotas!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Bruno Paixão em Aveiro

Bruno Paixão será o árbitro do Beira Mar-Benfica de domingo.
Bom? Mau? Vamos a ver!
Bruno Paixão é capaz do melhor e do pior. 
É um árbitro convencido mas creio que não é daqueles que inclinam o campo como por exemplo Jorge Sousa.
Creio que não será pelo árbitro que o Benfica não ganha em Aveiro. Basta que joguem o que sabem e lutem muito porque não vai ser um jogo fácil. Aliás, hoje em dia já não há jogos fáceis, apenas às vezes se tornam fáceis.
Depois do desastre de Telavive, os jogadores devem estar cheios de vontade de apagar a má imagem. Pelo menos se eu fosse jogador estaria.

E queria ele ganhar a Champions

Jorge Jesus é um fala-barato, já ninguém tem dúvidas. Tal facto já foi evidenciado em quase todos os blogues benfiquistas ao longo dos últimos meses.
Realmente, é incrível como ele foi capaz de dizer tanta asneira num prazo de poucos meses.
Ao afirmar, como afirmou, que a Champions era um objectivo, já dou desconto ao exagero de ganhar a Champions, mas nem a qualificação para os oitavos conseguiu mesmo não estando num grupo de tubarões do futebol europeu.
Para quem venceu o campeonato passado da forma como o conseguiu, parece que desaprendeu. Quase não acerta uma. É incrível!
Estamos à espera de reacções dos responsáveis do clube e do treinador.
Como diziam os cartazes exibidos no aeroporto, "Peçam desculpa", "Assuma Sr. Presidente". Ficar calado é que não dá!
O Benfica é nosso, como o sr. tem dito e bem, por isso estamos à espera. Não foi uma derrota, foram já uma série delas e algumas humilhantes.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Até no andebol!

Quarta-feira negra para o Benfica. Salvou-se o Hóquei em Patins!
Além da humilhante derrota em Israel, também a equipa de andebol perdeu um jogo impensável, contra o Sporting da Horta. A 2ª derrora seguida em casa, depois dum Sporting, outro Sporting.
Já tinhamos perdido no Faial na 1ª jornada e agora nova derrota com o mesmo adversário. As contas do título começam a ficar complicadas, já que ABC e FC Porto não perdem!
Tal como no futebol, temos uma belíssima equipa de andebol que foi vencer a casa do ABC e venceu o Porto na Luz, mas entretanto perdeu 2 vezes com o Sporting da Horta, com o Sporting e com o Águas Santas.
Temos de ir à bruxa!

Adeus Champions!

Quem viu o Benfica da época passada e vê o actual, não acredita que seja praticamente a mesma equipa e o mesmo treinador.
Mais uma vez Jorge Jesus tomou uma má opção ao deixar no banco o Carlos Martins. Porquê? Mais uma invenção do treinador. Num jogo em que era preciso ganhar e Carlos Martins é o melhor rematador e um dos melhores marcadores da equipa, não se compreende.
Para além da pesada derrota, a vergonhosa exibição deixa-nos a todos apreensivos com vista ao futuro.
Não dá para entender como não conseguimos marcar nenhum golo tendo beneficiado de mais de 20 cantos, um record, mas quase todos culminaram nas mãos do guarda-redes adversário. E depois sofrer 2 golos de bola parada!
Sobre os jogadores nem vou falar porque tirando Aimar ninguém esteve ao seu nível.
E voaram os 3 milhões do prémio de passagem aos oitavos!!!

O Benfica não é só futebol

O Benfica não é apenas um clube de futebol ao nível de competições europeias. 
Ontem, foi a vez da equipa de basquetebol sénior masculina jogar na Eurochallenge e vencer brilhantemente os suíços do Lugano por 89-84. Suíços que na realidade não são pois o plantel é composto de 10 estrangeiros, sendo 8 norte-americamos. Por isso não era uma pera-doce!
Amanhã a equipa de futsal começa a disputar a Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup que apura para a Final Four que por sua vez ditará o campeão europeu da modalidade.
A época passada vencemos brilhantemente esta prova máxima do futsal europeu. Temos por isso responsabilidades acrescidas este ano.
O primeiro dos três jogos desta ronda de elite, realiza-se amanhã, o segundo na 6ª feira e o 3º no sábado. 
Os adversários serão os croatas do Nacional Zagreb, os ucranianos do FC Time Lviv e os sérvios do Ekonomac Kragujevac.

Jesus está avisado

Jorge Jesus, respondendo a uma pergunta sobre alguma fragilidade e erros cometidos pela equipa nos jogos fora (Lyon e Schalke) disse, «São jogos diferentes. O trabalho específico que fizemos foi procurar corrigir alguns defeitos que apresentámos nesses dois jogos, e agora vamos procurar não os cometer novamente, sabendo que o Schalke, o Lyon e o Benfica são as equipas que estão a lutar neste momento pelas duas primeiras posições. O que importa agora é pensar só no jogo de hoje, sabendo que tudo vai ser diferente, mas que vai ser certamente uma partida complicada»
Oxalá a equipa não cometa os mesmos erros. Nesses dois jogos fora, o Benfica deixou a sensação que podia ganhá-los, acabando por perdê-los já na parte final dos jogos.

A ver se nos entendemos

Há alguns meses atrás para justificar a venda de João Moutinho ao FCP, o presidente do Sporting disse que era uma maçã podre.
Agora que se aproxima a visita do FCP a Alvalade e concerteza com João Moutinho no onze, o mesmo presidente disse que Moutinho foi sempre um profissional fantástico.
Onde está a coerência sr. JEB?

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Guerra psicológica

O Hapoel-Benfica de amanhã é decisivo para o Hapoel e quase decisivo para o Benfica.
Enquanto os israelitas precisam vencer este jogo e o próximo em Lyon para se apurarem para a Liga Europa, o Benfica precisa apenas de pontuar para garantir o apuramento para a mesma. Porém, o objectivo do Benfica é maior pois quer o apuramento mas para os oitavos da Liga dos Campeões, precisando para isso vencer este jogo e esperar pelo resultado do Schalke 04-Lyon para saber se na última jornada precisa vencer ou apenas empatar com os alemães.
O treinador israelita numa tentativa de moralizar os seus jogadores, mostrou-lhes o vídeo da derrota do Benfica no dragão, tentando mentalizá-los que não é impossível vencer o campeão nacional português. Esquece-se todavia que o Hapoel não tem os argumentos futebolísticos do FCP e que uma grande equipa não perde dois jogos quase seguidos.
Amanhã logo se verá quem leva a melhor, embora todos estejamos cientes que será difícil.

Funes Mori

Apesar do comunicado e de ninguém do Benfica se ter manifestado ainda, o que parece certo é que este jovem argentino vai jogar na Luz por empréstimo do empresário que o vai comprar ao River Plate.
Sem querer colocar em causa o valor do Funes Mori que até parece ser uma grande promessa e de ser quase certa a saída de Cardozo no final da época, será que vale a pena sermos ponte para vôos mais altos?
Quanto a mim, depende das condições, ou seja, tempo de permanência no Benfica e percentagem na venda. Tudo muito bem definido para não ficarmos com as calças na mão como aconteceu com Ramires.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Confundiram o C. Martins com quem?

A comitiva do Benfica já está em Telavive. Uf! Depois do atraso de duas horas à partida o Benfica chegou a Israel, mas ainda assim os contratempos não acabaram pois Carlos Martins parece que foi confundido com algum terrorista e ficou retido 15 minutos na zona dos passaportes até que foi libertado do controlo.
Fez bem o Benfica em ter ido com antecedência visto que assim poderão descansar, ambientar-se um pouco ao clima, ao fuso horário, etc. e apresentar-se na 4ª feira fresquinhos para ganhar ao Hapoel e ficar com a qualificação quase garantida.
Sabemos que não vai ser fácil. O Lyon venceu lá apenas por 1-0 e o Schalke empatou 1-1.

Taça da Liga

Realizou-se hoje na sede da Liga Portuguesa de Futebol, o sorteio da 3.ª fase da Taça da Liga. 
O Benfica, actual detentor do troféu, ficou colocado no Grupo B, juntamente com Marítimo, Olhanense e Desportivo das Aves.

O calendário dos jogos é o seguinte:
2 de Janeiro (Estádio da Luz) - Benfica-Marítimo
19 de Janeiro (Estádio da Luz) - Benfica-Olhanense
29 ou 30 de Janeiro (Na vila das Aves) - Desportivo das Aves-Benfica
 
Sorteio simpático para o Benfica. Espero que venha a 3ª Taça da Liga consecutiva para a Luz e os correspondentes euros.
(fonte: site do SLBenfica)

domingo, 21 de novembro de 2010

Eduardo infeliz!

Eduardo, guarda-redes da selecção nacional, ex-Braga, agora no Génova de Itália, anda em maré de azar.
Esta época tem falhado quer no seu clube, quer na selecção.
Bastou ter feito uma época excepcional no Braga e um excelente Mundial para ser considerado um grande guarda-redes. Muita gente, benfiquistas até, achavam que teria sido melhor opção para o Benfica do que Roberto.
O que não se compreende é a diferença de tratamento por parte da imprensa.
Eduardo quando falha é infeliz!
Roberto quando falha é frangueiro!

Moreirense roubado (com vídeo)!

Mesmo no fecho da 1ª parte, o Moreirense marcou um golo ao FCP que foi anulado por fora-de-jogo. Pois é, foi mal anulado porque o jogador não estava fora-de-jogo. 
Parabéns sr. Paulo Baptista e sua equipa!
Por enquanto o resultado está em 0-0 (ao intervalo), mas a nódoa ficou a manchar o trabalho do árbitro.
E agora André, vais exigir explicações ao Vítor Pereira?

Nuno Gomes e o benfiquismo

Nuno Gomes é um jogador que não gera consenso entre os benfiquistas. Para uns é uma "amélia", para mim uma tremenda injustiça por tudo o que já fez e que representa para o Benfica.
Deixo-vos aqui as palavras do benfiquista Pedro F. Ferreira (Tertúlia Benfiquista) na Benfica TV.
Programa "Debate" (17-11-2010), Benfica TV from Pedro Ferreira on Vimeo.

sábado, 20 de novembro de 2010

Grande Voleibol

Já aqui falei noutros posts, do basquetebol, do hóquei em patins, do futsal, do andebol, faltava o voleibol.
A equipa de voleibol do Benfica mercê da vitória categórica (3-0) de hoje frente ao Castêlo da Maia, clube que venceu a Taça de Portugal na época passada precisamente contra nós e que na semana passada bateu o campeão Sporting de Espinho, chegou ao topo da classificação, com 24 pontos em 9 jogos.
Até agora, apenas uma derrota frente ao Fonte do Bastardo, em S. Miguel-Açores.
Falta muito campeonato, inclusivé uma 2ª fase, mas pelo que se tem visto, a equipa é a mais séria candidata ao título nacional e podendo vencer também a Taça de Portugal, cuja edição 2010/11 começa a disputar-se amanhã, jogando o Benfica contra o Penafirme da 2ª divisão.

O que pretende Lourenço Pinto?

Lourenço Pinto, presidente da Associação mais corrupta do país, esteve presente num jantar do núcleo de árbitros Francisco Guerra e exortou os mesmos a não baixarem as armas, referindo-se à recente ameaça de greve que acabou por abortar face à cedência do Governo nas pretensões de ser revista a carga fiscal.
Este senhor que é a personagem sinistra que todos conhecemos, atacou ainda a "Laurentina" por causa do movimento associativo, ou trocando por miúdos, a questão da não adequação da FPF ao novo regime jurídico pelo facto das associações não aceitarem a perda de poder.
O secretário de estado, ao contrário do que fez no caso Queiroz, aqui come e cala.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

É muita pretensão!

Os submissos, fazendo fé na imprensa, pretendem pedir a Mourinho o empréstimo de Canales e Léon em Janeiro. E o guito?
Na pré-época podiam ter contratado o holandês Drenthe e não conseguiram garantir-lhe os vencimentos e agora querem logo dois?
Quem não tem dinheiro não tem vícios!

Motivação máxima para Israel

O Benfica joga na 4ª feira em Telaviv uma cartada decisiva (ou quase) com vista ao futuro na Liga dos Campeões.
Por causa da Cimeira da NATO, o jogo da Taça de Portugal com o Braga, que deveria realizar-se amanhã, foi adiado para o dia 12 de Dezembro (domingo), propiciando assim que o Benfica prepare mais pormenorizadamente e sem correr o risco de novas lesões, o jogo com o Hapoel que é e continuará a ser seja qual for o resultado, o último do grupo.
Diversos jogadores já vieram a público dizer que o jogo com o Hapoel é importantíssimo, etc., etc. Javi Garcia, conhecido pela sua garra e que joga sempre nos limites, disse mesmo que este é o jogo em que vão jogar as suas vidas.
É bom que os jogadores estejam conscientes da importância deste jogo pois assim sabemos que vão pelo menos dar o máximo para pelo menos pontuar, se bem que o empate possa não servir os nossos interesses. Imaginando que o Schalke 04 ganha ao Lyon, chegará aos 10 pontos e o Benfica ficaria com 7 ao empatar. Depois teríamos a obrigação de ganhar aos alemães na Luz por diferença de 3 golos!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Nós pagamos!

Apesar de não ser um admirador do autor, confesso que estou plenamente de acordo com ele neste artigo. Pena dar uma no cravo e outra na ferradura!

Foi necessário Valentim Loureiro ir à televisão e dizer “fui eu e o Pimenta Machado que definimos o ordenado de Gilberto Madaíl” para ficarmos a saber que o atual presidente da FPF ganha o equivalente a 28 ordenados mínimos, qualquer coisa como 13 300 euros/mês e ainda, segundo notícias mais recentes, 160 mil euros anuais em despesas de representação. Tudo somado: 402 mil euros/ano. Quem é que deixa um lugar destes, no qual só é necessário capitular, “dar graxa” (UEFA/FIFA), mudar de treinador e dar ares de preocupação?
Não é normal uma instituição que recebe dinheiros públicos lidar com este assunto como se fosse um “segredo de estado”, o que prova a opacidade das coisas do futebol, aliás na proporção exata de alguns escândalos de revelação recente, a envolver banqueiros, empresários, gestores públicos e todos aqueles – e são muitos – que vêm vivendo sob a lógica das “economias paralelas”...
Gilberto Madaíl é presidente da Federação há 14 anos e basta ouvir as pessoas que vivem o futebol “por dentro” para compreender não ser necessário procurar soluções reformistas para se justificar a solidariedade e o voto.
Menos estrangeiros nas competições profissionais e não profissionais, e agora, inclusive, nos escalões mais jovens? Não vale a pena. Está bem assim. Reformulação dos formatos competitivos, com tendência para exigir mais no acesso à competição profissional? Não vale a pena. Está bem assim. Clubes sem dinheiro para pagar a organização de cada jogo é coisa banal, que se deve estimular e proteger. Jogos a começar à sexta e acabar à segunda, sem qualquer motivo aparente? Está bem assim, porque não se pode conflituar com a Olivedesportos, cujo abuso de posição dominante ninguém ousa tocar. Clubes na Liga principal com médias de 3.000 espectadores, em estádios que são autênticos “elefantes brancos”? Está bem assim. Nada a dizer.
Tantas receitas recebidas da UEFA e da FIFA, cujos favores são muito bem pagos, sem dúvida, e a Casa das Seleções não passa da idade da... pedra? Uma Federação sem estatutos adaptados à lei, e o presidente não toma uma posição?! Pois claro que não. Quem fez a lei também não se preocupa, por que razão a FPF havia de preocupar-se? Vivemos um tempo de não exigência, que tudo parece justificar.
O presidente da FPF vive, pacificamente, debaixo da tutela, com mordomias de luxo. Ninguém o questiona e, quando é questionado, em razão dos resultados menos bons da Seleção Nacional, ouve os patrocinadores, ouve a companhia Rodrigues & Oliveira, consulta a tutela (quando a ordem não vem logo de cima, encomendada) e toma as decisões que melhor o protejam. Um presidente da FPF que resiste ao que já resistiu pode, de facto, recandidatar-se.
O País e o “país da bola” assistem, com lusa bonomia, à gestão do calendário de Madaíl: até 2 de Dezembro (data do anúncio de quem organizará o Mundial’2018), não incomodem. E até o Amândio (quanto ganha?) se tornou numa grande figura do futebol indígena! Que pobreza!
NOTA – A Seleção Nacional, com uma bela exibição, banalizou os campeões do Mundo. Quando os jogadores querem, até o treinador é “bestial”. (Rui Santos, in Record)

O senhor major é muito indiscreto. Então descobre-se a careca dum companheiro de lides? Zangam-se as comadres ...

As especulações diárias

O Benfica sendo o maior clube português e o que vende mais, é alvo diário de notícias especulativas.
Se ontem as notícias apontavam para uma política de desinvestimento face à crise e ao passivo do clube, hoje já surgem notícias contrárias.
Falava-se que o Benfica iria previlegiar as contratações a custo zero de jogadores em final de contrato. Neste contexto um dos nomes mais vezes referido é o do espanhol Nolito, um extremo do Barcelona B. Porém, na imprensa de hoje fala-se na contratação do jovem argentino Funes Mori pelo valor de 8 milhões, se bem que seria pago integral ou parcialmente, não se sabe, pelo empresário que trouxe Ramires para o Benfica. Se esta notícia até pode ser verdadeira, falta o Benfica confirmar, já a que dava conta do interesse no uruguaio Mora (23 anos) soa-me a especulação, até porque temos outro uruguaio, mais novo, emprestado ao Deportivo de la Coruña, o Urreta.
Isto no que se refere a entradas, embora o que aconteça em relação a saídas não fique atrás.
Quase todos os dias lemos que Fábio Coentrão e David Luiz podem sair já em Janeiro nuns lados e noutros lemos que não sai ninguém da equipa principal antes do final da época, a menos que os interessados paguem o valor das cláusulas.

Ao que chegou o Estrela da Amadora

A notícia abaixo choca qualquer desportista que se preze. E leva-nos a fazer uma pergunta, como é possível dirigentes desportivos serem tão irresponsáveis?
O E. Amadora está a poucos dias de ficar sem o relvado sintético, no qual se treinam e jogam algumas das camadas jovens do clube. Funcionários da Playpiso, que há dois anos colocou o tapete, deslocaram-se à Reboleira, no início desta semana, para iniciarem a sua remoção – mediante as instruções do tribunal, tendo em conta a falta de pagamento do mesmo – mas depararam-se com as instalações fechadas. Jorge Prazeres, responsável pela empresa, garante que nova visita está para breve, desta feita com a companhia de agentes da autoridade.
“Vou tirar mesmo o sintético! O senhor da insolvência [o gestor Paulo Sá Cardoso] desobedeceu à ordem do tribunal ao impedir a nossa entrada, tendo o espaço fechado a cadeado”, assevera Prazeres, adiantando: “Tínhamos dado duas semanas para efetuarem as mudanças necessárias para as diversas competições. Já lhe enviámos uma SMS a informar que incorreu em desobediência qualificada e que a queixa já deu entrada.”
Apelo. Jorge Prazeres, de 42 anos, lamenta a situação, até por haver “vários apelos de pais para que não seja levada a cabo esta medida”. Todavia, salienta que “a dívida é de perto de 130 mil euros e apenas a primeira tranche de pagamento foi efetuada pelo então presidente António Oliveira.” O dia do início dos trabalhos ainda não está definido: “Estamos à espera do mandado do tribunal. Infelizmente, terá de ser assim. Vamos mesmo entrar com a companhia de agentes da autoridade.” Confrontado com a situação de insolvência do clube, aponta: “No contrato estava salvaguardada esta situação. Ou seja, até ao pagamento integral o sintético não era do Estrela, pelo que poderíamos levantá-lo se faltasse essa verba.”
Recorde-se que o gestor Paulo Sá Cardoso entrou em funções no clube há um ano e dois meses.

Rodrigo Mora?

A imprensa dá conta do interesse do Benfica no avançado Rodrigo Mora, do Defensor Sporting do Uruguai, ex-clube de Maxi Pereira.
Não é ainda muito conhecido, mas posso dizer que tem 23 anos, 1,71 e é extremo.
Descobri este vídeo em que marcou um golo no empate de 2-2 com o Boca Juniors, curiosamente tendo como adversário Nicolas Gaitán, que inclusivé bateu um canto que deu golo.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Não havia necessidade Jesus

Jorge Jesus parece hoje um homem mais nervoso, mesmo quando ganha. Esperava-se do treinador uma palavra especial para o seu capitão, não só por marcar um golo ao fim de três minutos como pelo significado especial – a dedicatória ao pai – que todos presenciaram. Aquele “eu é que sei”, digno de um acossado, caiu tão mal como a entrada em campo de César Peixoto – ambos eram escusados.
Estas palavras são do cronista benfiquista João Gobern, publicadas no Record de ontem.
Tem toda a razão! Jorge Jesus foi além de insensível por não só não ter esboçado um sinal de alegria após o golo de Nuno Gomes frente à Naval, foi também muito inconveniente quando o confrontaram com o facto de não serem dadas mais chances ao capitão. Jesus sabe, melhor que ninguém, quem deve ou não jogar, mas não tem o direito de desprezar um jogador que além de ser o capitão, é carismático para os mais novos e que une o balneário.
A mim cairam-me muito mal as suas palavras e apenas não o manifestei antes para não ser acusado de desestabilizador, mas já que um benfiquista teve a coragem de dizê-lo, sentir-me-ia um cínico se ficasse calado, em vez de manifestar o que penso sobre o assunto.

Está explicado porque não larga a cadeira

Gilberto Madaíl recebe como presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) o equivalente a 28 ordenados mínimos (475 €), ou seja, 13.300 euros por mês. A revelação foi feita por Valentim Loureiro num programa da TVI 24. 
Este Major é um fala barato!
"Fui eu e o Pimenta Machado que na altura definimos esse montante", disse o ex-presidente da Liga de clubes, nomeado na altura para a comissão que definiu as remunerações do líder federativo.
No comando da Federação há 14 anos, Gilberto Madaíl recebe ainda uma verba anual de 160 mil euros para despesas de representação. A somar a este valor está uma pensão de reforma de funcionário público (referente aos anos em que foi vereador e deputado da Assembleia da República) no valor de quatro mil euros/mês.
Tudo somado, Gilberto Madaíl aufere anualmente um rendimento bruto na ordem dos 402 mil euros, aos quais são deduzidos os descontos consagrados na lei.
Aos 66 anos, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol já fez saber que não pretende recandidatar-se a novo mandato, embora continue a deixar escapar que "nada é definitivo na vida".

Todos os cães têm sorte!

O Prof. Jesualdo mal saíu do grande Málaga e já está no Panathinaikos da Grécia. Terá sido cunha de Fernando Santos?
É como digo em título, todos os cães têm sorte.
Enquanto uns têm sorte, outros nem tanto, como é o caso dos ex-benfiquistas Katsouranis e Karagounis.
Não dá para entender porque o Pana despediu o treinador uma vez que está em 2º lugar empatado com o líder Olympiakos.
Talvez se arrependam, mas é lá com eles.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Dilema Nuno

Não é que eu goste deste artista, mas por falar de Nuno Gomes, aqui fica a opinião não sei se dum portista ou sportinguista.
Somados, Nuno Gomes leva não mais de 15 minutos reais na Liga. No passado domingo entrou a 4 minutos do final. Caso não seja por lesão ou para queimar tempo sob pressão, está é uma substituição que só premeia um jovem imberbe, para sentir o cheiro da competição a sério, ou castiga alguém que já está a mais. E ninguém melhor do que os jogadores para interpretar o sentido do dedo técnico.
Não condenemos Jesus neste olhar sobre o avançado. Enquanto titular, até à chegada do técnico campeão, Nuno Gomes marcava escassos golos para o peso relativo do salário no orçamento da equipa, ficava aquém da concretização necessária a um clube que queira chegar ao título. Para mais, Nuno Gomes casa muito melhor com um sistema claro na utilização de uma dupla de pontas-de-lança, do que neste de Jesus, que privilegia os flancos com as entradas de um “nove e meio” vagabundo como é Saviola e também pode ser Aimar.

Mensagem de esperança

Roberto, vem sendo dos melhores jogadores do Benfica ultimamente.
Hoje, em conferência de imprensa tocou num assunto, talvez sem qualquer segunda intenção visto ser estrangeiro e novo no futebol português, mas que nós sabemos que tal situação não é por acaso que acontece. Refiro-me ao facto dele ter dito, «Frente ao Benfica, todas as equipas mostram a sua melhor cara, mas estamos a mostrar que temos uma equipa muito forte».
Entre outras coisas afirmou também que vão continuar a lutar pelo título ao dizer, «Teremos sempre esperança»!
Enquanto for matematicamente possível alimentar esse sonho, também nós sócios e adeptos teremos de ter esperança.

Perda de tempo

O interesse de clubes estrangeiros em jogadores do Benfica não é de hoje. 
Nomes como os de David Luiz e Fábio Coentrão são constantemente falados como sendo alvo do interesse de vários clubes.
David Luiz ainda ontem afirmou que pretende cumprir a época no Benfica. O mesmo já sucedeu com Fábio Coentrão que por diversas vezes afirmou que tem contrato com o Benfica e quer ficar.
Todos os clubes interessados sabem do valor das cláusulas que são de 50 e 30 milhões de euros respectivamente. Sendo assim, o AC Milan sabe que não levará Coentrão por 22,5 milhões no final da época, muito menos agora em Janeiro.
Ou será que é apenas a imprensa a especular? Talvez!

O Benfica sob um olhar feminino

Esta semana muitas pessoas me perguntaram se tinha deixado de gostar do mister, dado o fim do namoro que aqui ditei no rescaldo do Dragão. Gosto muito do mister, e acho muito bem que Luís Filipe Vieira afirme que JJ “não está a prazo”. Para mim, apesar da emotividade com que vivo o meu Glorioso, ninguém passa de bestial a besta assim. E vice-versa. Mas o mister errou.
Ontem foi uma noite de constatações. Há algumas verdades populares incontornáveis e uma delas é que em equipa vencedora não se mexe. Sem capitão mas com quase toda a gente no lugar, vencemos a Naval por 4-0. Não sem esforço de Roberto que, mais de 600 minutos depois, acho finalmente bestial. Mas o ponto de interrogação foi-me perseguindo partida afora. Saviola fez o que só ele sabe e na 5.ª assistência para golo serviu Kardec aos 10’: mister, por que raio ficou El Conejito no banco, há uma semana? 5’ depois Gaitán assiste Aimar, e lá vem a interrogação: mister, por que é que no Porto o Gaitán só entrou após o intervalo? E a questão ganhou força aos 47’ e aos 62’, com dois belos golos do argentino.
A Naval nunca se resignou, mas se no Dragão metemos água ontem nem a vencer por 3 pusemos água no jogo. O nosso meio-campo recuado ressentiu-se da falta de Javi e mostrou pouca consistência, e o contra-ataque trouxe-nos perigo. Airton não ocupa espaço, não trava ou recupera como Javi. Confirmaram-se as parcas competências de Sidnei e David Luiz ainda está de cabeça perdida. Mas, como dizia o meu amigo António Machado, velha glória do Benfica de Castelo Branco, a noite era de Gaitán. Provou-se que o flanco esquerdo, com a dupla
Coentrão/Gaitán, faz bonito e não vale a pena inventar. Nuno Gomes entrou, marcou e chorou. Aos 89’ chorei com o 21. A noite acabou em festa grande. Até Aveiro. (Marta Rebelo, in Record)

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

David Luiz, à Benfica!

Não foi surpresa para mim, nem para os benfiquistas, a entrevista de David Luiz ao site brasileiro IG Esporte e transcrito na Bola. E não foi surpresa porque David Luiz já nos demonstrou por diversas vezes que ama o Benfica.
Essa paixão pelo Glorioso ficou bem expressa na época passada e até pela forma como aceitou continuar no clube esta época quando se sabe que teve propostas muito boas, especialmente a do Manchester City.
Sendo ainda muito jovem, tem os pés bem assentes no chão e sabe ser grato ao clube que o projectou.
Embora com pena, não podemos levar a mal que ele tivesse o sonho de jogar pela selecção brasileira e esperado por esse momento, nunca dando azo a especulações sobre uma possível naturalização para jogar pela portuguesa.
Esta época, tal como a equipa, ainda não atingiu o patamar exibicional da anterior, mas creio que ainda chegará lá!

Nicolas Gaitán

Gaitán já demonstrou ser um grande jogador em termos técnicos, embora ainda não tenha conseguido aliar totalmente a sua valia técnica ao futebol de quipa, perdendo-se por vezes em dribles inconsequentes.
No entanto, tem tido algumas exibições muito boas como foi o caso da de ontem, aliada aos dois belos golos que marcou. Antes deste jogo tinha marcado apenas uma vez em jogos oficiais pelo Benfica, no jogo da Taça frente ao Arouca.
Já deu para todos percebermos que não é nem nunca será um extremo puro, mas que tem muito potencial para armador de jogo não restam dúvidas. Creio que será a médio prazo o substituto natural de Pablo Aimar. Precisa apenas de ganhar um pouco de peso e de saber soltar a bola no momento certo.
Considerando que esta é a primeira época de Benfica e de Europa, Gaitán promete bastante e certamente renderá com juros o investimento feito nele.

Tiro ao Roberto

From: Domingos Amaral
To: Comissão de Disciplina da Liga
Caros Comissários de Disciplina,
Pelos vistos, os senhores nunca pegaram numa bola de golfe, mas eu explico-lhes o que é uma bola de golfe: um objeto pesado e duro, que atirado a alta velocidade e a uma curta distância, se pode tornar numa arma mortífera. Pelos vistos, os senhores nunca levaram com uma nas costas, ou na cabeça, e portanto não acham isso muito grave. Contudo, o que se passou no passado domingo no estádio do Freixo foi um ato gravíssimo de violência, um atentado ao desporto.
Não viram? Eu conto: a claque dos Super Dragões, um bando de energúmenos e cobardes, atirou uma saraivada de bolas de golfe na direção do guarda-redes do Benfica. Esses perigosos projéteis não só perturbaram o Roberto, como o atingiram nas costas, tendo o jogo sido interrompido e ele assistido. A sua integridade física foi posta em causa, e só por acaso os danos não foram mais graves. Caso os senhores não saibam, se uma das bolas lhe tem acertado na cabeça, o guarda-redes do Benfica poderia estar hoje ferido gravemente, incapacitado para a sua profissão, ou até pior. Mas, é óbvio que para os senhores nada disto é grave e não merece mais que uma mísera multa.
Noutro país, o estádio do Freixo ficaria interdito uns jogos, mas os senhores voltaram a ser um órgão manso, cobarde, e nas mãos do FC Porto. E é graças a pessoas como vocês que a onda de violência azul e branco não vai parar.
PS: Srs. Miguel Sousa Tavares e Rui Moreira, têm coragem para se colocarem a 20 metros de mim, para eu vos atirar bolas de golfe? Pois, bem me parecia...

domingo, 14 de novembro de 2010

De volta à luta!

O Benfica reagiu da melhor forma à derrota pesada do Dragão. 
Apesar do começo meio titubeante da equipa ainda sob o efeito da derrota anterior e de Roberto ter sido obrigado a aplicar-se, tendo feito uma grande defesa em remate de golo. Terá sido até dos melhores em campo, apesar da goleada.
A Naval, contra o esperado, apostou no efeito surpresa, tentando aproveitar alguma intranquilidade da equipa no início, indo para a frente, não se fechando atrás.
O golo madrugador (10 m) de Alan Kardec não os fez alterar a sua forma jogar, pelo contrário, atirou-se ainda mais para cima do Benfica.
A 2ª parte foi quase toda do Benfica, marcando três golos, desperdiçando outros tantos e fazendo trocas de bola entre os jogadores argentinos que baralharam por completo a equipa da Figueira da Foz.
Nada melhor que uma goleada para repor a confiança e voltar ao 2º lugar pois estávamos atrás do V. Guimarães pelo saldo de golos.
Toda a equipa, sem excepção, esteve em bom plano, mas tenho de destacar Roberto a evitar o golo da Naval e mostrando sempre muita segurança, Aimar que merecia um golo, Salvio a subir de rendimento de jogo para jogo, sobretudo Gaitán pelos dois grandes golos que marcou. Por fim uma palavra para o capitão Nuno Gomes que entrou e pouco depois marcou. Foi um momento emocianante porque o dedicou ao pai, falecido há poucos meses. O próprio Nuno se emocionou e foi bonito de ver a forma como os colegas o felicitaram.

Hoje é para ganhar

O Benfica volta hoje ao campeonato depois da pesada derrota no Dragão. Pelo meio houve a deslocação a Angola que serviu para fazer esquecer a humilhação da goleada e receber o carinho de adeptos que aguardavam uma oportunidade para conhecerem de perto os seus ídolos.
O Naval apesar de ser último classificado, não será pera doce. Pode até vir a ser, mas até entrar o 1º golo não é. Aposto que vão montar dois autocarros na frente da sua baliza pois um pontinho que seja para eles é ouro.
Seria mais fácil com o técnico estrangeiro, que entretanto despediram, pois com ele o Naval jogava mais aberto e por isso está na situação em que está. É outra mentalidade! Agora com um treinador português (Rogério Gonçalves) não tenho dúvidas que será mais difícil.
Mas, apesar de tudo, confio na equipa e espero o regresso às vitórias no campeonato.

sábado, 13 de novembro de 2010

Coisinhas de pormenor

Em tempos remotos assistíamos estupefactos à protecção dada ao xico-espertismo e contíguos prevaricadores do futebol indígena. Com as metamorfoses próprias de uma era em que a informação flui rapidamente, em tempos correntes apenas e só consideramos o que se passou no Dragão como mais um episódio normal, na linha do que é o futebol português, protector de quem a si próprio perverte e corrompe. A CD da Liga, cumprindo minuciosamente o relatado pelo próprio delegado da Liga - João Eusébio - e pelo árbitro do clássico - Pedro Proença, puniu o FC Porto com mais umas multas das habituais, apoiada em regulamentos obsoletos e feitos à medida...

A Comissão de Disciplina, dentro do apanágio da benevolência e multas irrisórias (em determinadas circunstâncias) com que nos brinda semana após semana, apreciou os acontecimentos e enquadrou-os no artigo 147.º do Regulamento («Agressões simples com reflexo no jogo por período igual ou inferior a 5 minutos»), evitando assim o artigo 140.º («Agressões graves em geral»), o que conduziria a uma pena para o FC Porto que poderia envolver a interdição do Dragão de 1 a 4 jogos.


Sempre a procurar casos

Hoje toda a imprensa vem com a "não notícia" da pseudo invasão do Centro de estágio do Seixal. E digo pseudo porque as portas foram abertas, não foram forçadas e inclusivé os sócios, conotados como pertencendo ao NN Boys, falaram pacificamente com Jesus e os jogadores tendo depois abandonado o local.
Sempre à espreita do sensacionalismo barato estes lacaios da corrupção!

CMVM, sempre de olho no Benfica

A CMVM neste caso até parece ter razão. Se existem prazos, são para cumprir. No entanto, parece que esta entidade que regula o mercado financeiro já demonstrou no passado ter dois pesos e duas medidas.
O Benfica deveria ter apresentado as suas contas até 31 de Outubro, mas não o fez. Fê-lo apenas dia 11 de Novembro pelo que lhe terá sido aberto um procedimento contra-ordacional estando por isso sujeito ao pagamento duma multa pesada, que pode variar entre os 25 mil e os 5 milhões.
Culpa de quem?

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

7 milhões?

É quanto o Benfica estipulou pela venda do passe do jogador brasileiro que está a actuar no Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, por empréstimo até 30 de Junho do próximo ano.
Não acha demais senhor presidente?
Nesta época de crise por 4 ou 5 já era bem vendido!
Só se fosse para algum clube árabe.

O bom samaritano

Venho por este meio penitenciar-me do que já aqui escrevi sobre AV-B
Tenho batido bastante no homem e afinal injustamente porque ele é um bom samaritano e não merece. Ele tem um grande coração.
Então não é que defende Jorge Jesus!
«Tentar deita-lo abaixo por vias travessas não me parece genuíno e acho que o treinador do Benfica não merece esse tipo de críticas agressivas».

Mourinho dá o braço a torcer

José Mourinho é um óptimo treinador, talvez o melhor do Mundo, mas às vezes fala demais ou antes de tempo.
Antes de contratar Di Maria para o Real, ele disse que o argentino era caro e precisava de mais tempo porque a Liga portuguesa não era comparável com a espanhola.
Passados apenas 3 meses desde que trabalha com ele, diz estar rendido ao rendimento do jogador contratado ao Benfica e que já é titular indiscutível da equipa madrilena.

A lançar a suspeição

O basquetista Greg Stempin, extremo do FC Porto recorda alguns dados do jogo disputado no Algarve para perspectivar o embate frente aos campeões nacionais: «O Benfica esteve vinte e tal vezes na linha de lances livres e nós só lá estivemos três vezes, o que é, no mínimo, bizarro. Nunca me aconteceu, em toda a minha carreira, integrar uma equipa que só dispôs de três lances livres em todo o jogo.»
O norte-americano entende que pode haver uma «série de razões» para justificar a análise anterior, mas prefere preocupar-se sobretudo no trabalho dos portistas para conseguirem «mais penetrações para o cesto e criar maior número de situações para lançar com êxito».
Assim, será possível ao FC Porto bater os campeões nacionais e rectificar o resultado do jogo da Supertaça: «Aí, eles venceram, mas nós sentimos que não conseguimos uma boa exibição. Se jogarmos e executarmos bem, temos boas probabilidades de vencer. É um clássico e até nós, os jogadores norte-americanos, sabemos o que significa um FC Porto-Benfica. Queremos jogar como temos feito na maior parte dos encontros e ganhar, actuando de uma forma que não permita aos árbitros ter dúvidas sobre a existência de faltas.» (in, A Bola)

Concluindo, este artista já está imbuído do verdadeiro espírito «à Porto» e vem insinuar que o Benfica foi beneficiado pela arbitragem no jogo da Supertaça. Eu que vi o jogo não dei conta!

Brincadeira de mau gosto

Benfica: Galo à venda na intenet

O galo que atrapalhou Roberto, no Dragão, durante o FC Porto-Benfica (5-0) da última jornada da Liga, foi colocado à venda numa página de leilões na internet. A base de licitação é de 150 euros e, pelas 23h30 de ontem, havia ofertas de 280 euros. O responsável pelo leilão pede ao futuro comprador para continuar “a levar o galo à bola.”


O gozo levado ao extremo! Mas estes corruptos pagam um dia estes enxovalhos.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Vão mas é dar graxa ao cágado!

Depois da merda que fizeram, estão a tentar dar graxa ao cágado! A notícia abaixo é destque na Bolha, como se isso fosse apagar da memória dos benfiquistas o que aconteceu.
Como os portistas é que vos dão de comer, fiquem com o MST, o Rui Moreira e outros do género.

Benfica é o clube nacional mais seguido no ‘Facebook’
Com 283.372 mil seguidores, o Benfica é o clube português com mais fãs na rede social Facebook, a grande distância do segundo emblema mais acompanhado, o FC Porto, que soma 191.067 seguidores, e do terceiro, o Sporting, que congrega cerca de 100.413.
Este novo barómetro da grandeza e dimensão dos clubes surge após levantamento levado a cabo pelo site Football Finance.
Refira-se que o Barcelona é o clube mais seguido na rede social, com cerca de 6,2 milhões de fãs, para 5,2 milhões do Real Madrid.
Depois do Real, surgem os turcos do Galatasaray, com 4,6 milhões de fãs, o Manchester United, com 4,2 milhões de seguidores, o Liverpool e o Fenerbahçe, ambos com cerca de 3,1 milhões, Chelsea (2,3 milhões), Arsenal (2,1 milhões) e Milan (1,6 milhões).
No top ten predominam os clubes do Velho Continente, com nove dos dez emblemas mais seguidos: a excepção é o Boca Juniors (Argentina), com um milhão de adeptos na rede social.

Elkeson, é agora?

O jovem Elkeson, do Vitória da Bahia, em que 50% do passe já pertence ao Benfica, parece que estará a caminho da Luz.
Este jovem fez uma boa época na equipa baiana que ainda não garantiu a manutenção na Série A brasileira.
Quanto a mim, embora sendo um belíssimo jogador, ainda não entra de caras na equipa do Benfica, mas talvez seja bom para ambas as partes para ganhar rodagem e se ambientar ao futebol português que viesse em Janeiro.
Foi colega de David Luiz nas camadas jovens do Vitória.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Superlativos

Quando eu andava na escola e a Gramática ainda não era uma “arma de arremesso” para causar traumas aos alunos, estudávamos com atenção os Comparativos e os Superlativos. Mais: éramos prevenidos para a circunstância de estes últimos deverem ser utilizados com parcimónia, sob pena de se desvalorizarem e banalizarem. O que tem isto a ver com o futebol e, concretamente, com o clássico – pouco clássico – do último domingo? Simples: Jorge Jesus está agora a pagar (e parece cada vez mais certo que o fará com juros elevados) a fatura tresloucada dos encómios superlativos que, por causa de uma época meritória e categórica como o Benfica há muito não vivia, foram depositando na sua conta. Sempre que o faziam, subiam a fasquia. A cada nova palmada nas costas, o técnico – um respeitável “self made man”, que subiu a pulso e chegou onde merecia – era empurrado para maiores responsabilidades. Embevecido, a vingar os anos de penumbra, deixava-se empurrar e discursava em conformidade com o que nele queriam ver. Agora, com a humilhação de domingo (que vale tanto pelo resultado como pela exibição, ou falta dela), Jesus é despojado dos Superlativos e atirado para o odioso terreno dos Comparativos. Eis a imagem perfeita do futebol contemporâneo, célere a criar ídolos, veloz a destruí-los.

Vasco Santos outra vez!

O artista do Benfica-Académica da 1ª jornada, volta a atacar na Luz, desta vez no jogo com a Naval.
Vasco Santos de seu nome. Não tinham outro?
Quem não se lembra da arbitragem "isenta" deste senhor, fechando os olhos a três lances passíveis de grande penalidade na área da Académica, em que na sequência dum domínio com o braço nasce a jogada do contra-ataque do 2º golo dos estudantes?
Espero, melhor esperamos nós benfiquistas, que faça uma arbitragem isenta. Pode ser que sim pois o seu clube já leva 10 de avanço.
Estamos de olho, Vítor Pereira!

Pinto & Reinaldo

A empresa Pinto & Reinaldo anuncia:
Somos uma firma de angariação, tráfico, proxenetismo, e lenocidio de prostitutas de toda a parte do mundo. Auxiliamos a emigração ilegal, tambem forjamos campeonatos de futebol, pomos à disposição das equipas de arbitragem todo o nosso comércio de p.u.t.a.s Ilegais. Damos guarida a jovens menores, desde que estejam predispostas, a entrar nos bacanais de porcos da terceira idade. Fazemos tambem distribuição de quinhentinhos. Também fornecemos jovens criminosos pertencentes aos melhores gangs da cidade. Para mais serviços desonestos consultar o site no YouTube.

Só ao alcance de craques

Cristiano Ronaldo inventa com classe no jogo de domingo frente ao Atlético de Madrid.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Jesus já falou

Já em Luanda, Jorge Jesus falou novamente sobre o jogo de domingo e sobre o futuro.
Gostei de saber que ele acha que ainda há muito para ganhar esta época e que mesmo em relação ao campeonato ainda não atirou a toalha. Sabemos que é difícil, mas enquanto há vida, há esperança.
Ao contrário do que a imprensa havia noticiado, Jesus desvalorizou o eventual prejuízo desta deslocação e que ela é importante para o clube.
Veremos!

Só pode ser piada

O Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto determinou a apresentação periódica semanal a um dos adeptos detidos no passado domingo pela PSP, à margem do jogo entre o FC Porto e o Benfica, disse esta segunda-feira à Agência Lusa fonte policial. 
O adepto, ajudante de pintor, de 21 anos, foi detido na rua dos Campeões Europeus de Viena, nas imediações do Estádio do Dragão, por arremesso de objetos contra o autocarro do Benfica e posse de artigos pirotécnicos. 
 
Depois de partir um vidro do autocarro do Benfica propositadamente e estar na posse de artigos pirotécnicos, não é preso nem condenado a pagar multa, apenas obrigado a apresentar-se semanalmente. 
Que bela justiça temos em Portugal!
Ao menos será no horário dos jogos do Porto?

Está mesmo parecido

Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência!
(foto do Record)

Para quê?

A operação policial que esteve no clássico de má memória para nós foi a mais cara de sempre porque foram mobilizados cerca de 600 agentes que estiveram dentro e fora do Estádio do Dragão. Terá custado largos milhares de euros ao erário público.
Numa época de crise e de cortes enormes no orçamento, gastar o que se gastou por causa de corruptos, é inadmissível!
E o pior é que mesmo assim não foram capazes de evitar o apedrejamento do autocarro, embora, honra lhes seja feita, tenham prendido a(s) pessoa(s).

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Em Portugal ou no Iraque?

Para memória futura, vou transcrever para um post uma notícia do Público. E vou transcrever antes que o arquivo do referido jornal seja inutilizado e não se possa mais ler no futuro.

Um helicóptero amarelo ziguezagueava por cima do Estádio do Dragão, enquanto os "ninjas" do Corpo de Intervenção da PSP, capacete na cabeça, cassetete na mão, obrigavam uma pequena multidão em fúria a recuar umas centenas de metros para que os adeptos do Benfica passassem sem incidentes.
O trânsito tinha sido estrategicamente cortado. Assustada, Sunny pedia insistentemente a um polícia que a deixasse passar. "Queria só apanhar o metropolitano para ir para casa", gaguejava a frágil japonesa, perplexa com o todo o aparato em redor do estádio. "Para trás, para trás, para trás", gritava um agente, pose rígida, olhar tenso, enquanto os mais de dois mil benfiquistas que vinham a pé desde a estação de Campanhã marchavam, velozes, sob a escolta da polícia motorizada, que nem chefes de Estado de países ameaçados por perigosos terroristas.

"Isto parece o Iraque", lamentava António Abreu, um dos cerca de quinhentos portistas que ontem se aglomeraram em frente à entrada lateral do Dragão, à espera dos adeptos benquistas e do autocarro com a equipa adversária. "É mais polícia que povo. Quero ver quem vai pagar a factura", bufava, indignado com a magnitude da presença policial, que rondou os 600 efectivos.

Mas nem a impressionante operação de "tolerância zero" impediu que a tradição se repetisse: o autocarro da equipa do Benfica voltou a ser alvejado com algumas pedras e bolas de golfe, durante o percurso desde o hotel, na Avenida da Boavista, até ao Estádio do Dragão. À chegada ao estádio, o "vermelhão", aguardado pela turba azul e branca em brasa, porque a polícia a contivera num respeitável perímetro de segurança, exibia já um estilhaço no vidro da frente do piso superior. E de novo umas poucas pedras e bolas de golfe voaram, sem atingir, porém, o veículo, que se esgueirou pela entrada do estádio, por entre os tronitruantes insultos dos adeptos portistas.

Apesar de tudo, o subintendente que comandava a operação parecia aliviado. Foram apenas "pequenos contratempos", comentava, em declarações à SIC, enquanto sublinhava que o autor do arremesso da bola de golfe que estilhaçou o vidro do autocarro ?"foi detido de imediato" e que um outro teve o mesmo destino por ter sido capturado com "pequenos petardos".

Frustrados ficaram os ânimos dos portistas mais aguerridos. Até porque a operação de arremesso de flores - que um grupo tinha engendrado para atirar simbolicamente ao autocarro benquista - caiu literalmente por terra. Um dos autores da ideia ainda tentou convencer os adeptos a quem tinham sido distribuídos cravos e malmequeres a não proferir insultos, enquanto os exibiam num ensaio para as câmaras de televisão. Sem sucesso. "Filhos da puta", gritavam, com as flores em riste. Os "dragões" voltaram a mostrar a sua garra.

(Isto foi publicado em 8 de Novembro de 2010)

Gozados pelo NOJO

Frango para Roberto numa festa azul


Insólito: no início da segunda parte saiu um frango para Roberto.
Hilariante a caça ao frango lançado da bancada pelos SuperDragões, quando Roberto ocupava a baliza do Topo Sul do Estádio do Dragão, na segunda parte. Menos engraçadas foram as bolas de golfe e os isqueiros atirados ao guarda-redes espanhol, que Pedro Proença entregou ao quarto árbitro. «Roberto não esqueças os teus erros», podia ler-se nas diversas placas levantadas pelos Super, que fizeram tudo para o pressionar. Em noite de clássico, o Dragão engalanou-se com uma coreografia azul e branca que atapetou as bancadas. Do lado sul, os SuperDragões estenderam três panos que taparam a bancada e levantaram uma faixa que se revelaria premonitória: «Nascidos do fogo para vencer» Do lado oposto, o Colectivo assinalou os 15 anos de acompanhamento da equipa. Mal Pedro Proença apitou e os cerca de 50 mil espectadores soltaram as gargantas, na bancada dos adeptos do Benfica, onde se podia ler uma provocação «Ladrões à força», a polícia carregou para serenar os ânimos. Depois, o FC Porto começou a marcar e os adeptos encarnados foram perdendo o entusiasmo, enquanto os azuis e brancos faziam estremecer as bancadas a cada golo, com uma festa onde nem petardos, nem o fogo faltaram.

E agora?

Agora, resta ao Benfica recuperar psicologicamente a equipa, o que talvez não seja assim tão fácil, e esperar que Jorge Jesus não volte a inventar.
Ninguém entendeu porquê tanto medo de Hulk. Equipas com jogadores medianos já o taparam, melhor ou pior.
O campeonato está sobremaneira comprometido, não só pelos 10 pontos de diferença, mas por serem para a equipa que todos conhecemos e que não deixa as coisas acontecerem. Resta-nos fazer um resto de campeonato a apertar-lhes os calcanhares e garantir o 2º lugar que dá acesso à Champions. Por outro lado, apostar mais forte na Taça de Portugal e na Taça da Liga e tentar ir o mais longe possível na Liga dos Campeões.
No próximo jogo com a naval não contaremos com Maxi Pereira, Luisão e Carlos Martins. 
Felizmente temos já o Ruben Amorim para o lugar do Maxi.
Para o lugar do Luisão eu apostaria no miúdo Roderick porque Sidnei não dá garantias, está pesado, lento.
Para o de Carlos Martins, existem vários jogadores para fazer o lugar razoavelmente.

domingo, 7 de novembro de 2010

Goleados e humilhados!

Pior que a derrota foi a humilhação sofrida no Dragão! Esta derrota dói, muito.
Todas as vezes que Jesus inventou saíu-se mal. Mesmo assim, resolveu inventar novamente e mais uma vez deu-se mal.
Tudo saíu mal ao Benfica e não vou dizer mais nada porque estou revoltado.
Entretanto, o Andrezinho continua com a história do "grito de revolta"! 
Corruptos e cheios de sorte!!!

Tudo a postos!

Estamos a cerca de 15 minutos do início do clássico.
O antes jogo não começou da melhor forma pois já chegou ao estádio do Dragão com um vidro do autocarro partido. Mau sinal!
Estou esperançado que a nossa equipa consiga vencer este jogo. Será um jogo de raiva contra tudo e todos.
O clássico em andebol constituiu o aperitivo para o clássico em futebol. Vitória benfiquista por 31-30, mais uma vez lutando contra a arbitragem, embora não tão descaradamente contra como a de ontem no hóquei.
Força Benfica!

Contra tudo e todos

O capitão do hóquei do Benfica disse no final do jogo com o FCP, «Vamos conquistar o campeonato este ano», pedindo também o apoio dos adeptos para que tal seja possível.
Confesso que há muito tempo não assistia a nenhum jogo de hóquei em patins, apenas via uns resumos de vez em quando. E não via precisamente porque andava desmoralizado com esta modalidade que tantas glórias já deu ao Benfica, mas que ultimamente não o fazia.
Após a conquista da Taça de Portugal, no final da época passada, e sobretudo após a conquista da Supertaça, já esta época, comecei a interessar-me novamente pela modalidade. Confesso que gostei da equipa, gostei da atitude demonstrada perante tantas adversidades, arbitrais e da falta de sorte, especialmente nos livres-directos. Julgo que estamos no bom caminho e que se o público comparecer nos pavilhões para apoiar temos equipa para ganhar finalmente o campeonato.

sábado, 6 de novembro de 2010

Que NOJO!

Quem assistiu ao vivo ou pela Benfica TV ao jogo de hóquei e depois lê isto:
O treinador do FC Porto de hóquei em patins, Franklim Pais, acusou este sábado "muita gente" de querer afastar os dragões do seu 10.º título nacional consecutivo, após a vitória na visita ao rival Benfica (7-5), na 6.ª jornada da prova.
Após a partida, que deixou o FC Porto no topo da tabela, juntamente com a Oliveirense, três pontos à frente do Benfica, Franklim Pais criticou também as novas regras de "power play" (exclusões temporárias, vantagens numéricas e grandes penalidades).
"Viemos provar que continuamos a lutar jogo a jogo para renovar o título nacional. A comunicação social, muita gente do hóquei quer empurrar o FC Porto para perder, de modo a haver mais emoção", afirmou, em conferência de imprensa.
O treinador dos dragões considerou ainda que as regras recentemente introduzidas estão "mal" e devem ser "as pessoas que as fizeram a falar sobre isso", referindo-se a um dos "pais", precisamente o seu adversário de hoje. 
Só pode dizer, NOJO! 
Cada vez tenho mais nojo desta gente, de toda a gente que faz parte dos quadros do clube condenado por corrupção.

Sãos e salvos já no Porto!

A equipa já está no Porto sem ter ocorrido qualquer incidente, mas foi preciso cortar o último troço da auto-estrada, fechar avenidas, etc. para não se correrem grandes riscos deles acontecerem.
O autocarro chegou ao Hotel escoltado por vários carros da polícia.
Ao que chegou o futebol em Portugal, tudo por culpa de certos senhores, nomeadamente um em especial e ninguém faz nada para que a situação mude.
Seria altura de mandar a conta a esse senhor. Afinal de contas, o país está em crise e tem de pagar trabalho extraordinário à polícia, dinheiro que sai dos nossos bolsos.

O polvo não joga?

Será bom sinal?
O polvo, como é conhecido o Fernando do FC Porto, afinal parece que não vai jogar. Não porque seja um jogador extraordinário, mas desfalca sobremaneira o meio campo defensivo do Porto.
Quem sabe não é um bom auspício! Além disso, como não tem um substituto defensivo do mesmo nível, talvez haja mais liberdade para os nossos criativos, Aimar e Carlos Martins.
Estou confiante apesar de tudo, mas nunca fiando.

A guerra FC Porto/Benfica

A propósito do clássico todos opinam, mas o curioso é que ninguém tem coragem de apontar o dedo ao FC Porto e a Pinto da Costa. Então, fazem rodeios, atacam ali, mas defendem acolá. Enfim, os mesmos vendidos de sempre!
O conteúdo deste texto contém referências que podem ferir a suscetibilidade dos leitores mais sensíveis. É desta forma que qualquer peça respeitante a um FC Porto-Benfica (ou vice-versa) deveria começar, dada a violência, física e verbal, generalizada nos últimos clássicos.
A rivalidade é cada vez mais hostil, arrastando conflitos e provocações, que rapidamente passam dos cânticos ofensivos ao lançamento de petardos ou pedras. Há muito que os dois clubes se encontram de relações cortadas, aproveitando todos os momentos para atacar o adversário, para desestabilizar. E o mote é geralmente dado pelos dirigentes e exacerbado pelos adeptos.
“Desculpe, Eriksson. Guerra é guerra.” A famosa frase de Pinto da Costa em 1991 ao então treinador do Benfica – no célebre clássico nas Antas em que a equipa do Benfica se queixou de ser recebida com um balneário a feder a enxofre – continua atual.
Desde a última visita dos encarnados ao Dragão, manchada pelo lançamento de bolas de golfe para o relvado e pelo apedrejamento do autocarro do clube lisboeta, passaram praticamente 6 meses, tempo, contudo, insuficiente para umas tréguas. “Na semana passada quando estive no Porto, pensava que estava noutro país, dada a intimidação a que fomos sujeitos. Este título não é contra ninguém. Respeitámos todos os adversários e não respondemos a provocações”, declarou Luís Filipe Vieira, após sagrar-se campeão em maio, diante do Rio Ave. Mas o clima de guerra fria prosseguiu no defeso, com Salvio e James a serem disputados pelos dois clubes, e nem mesmo o facto de, no Municipal de Aveiro, o presidente do Benfica e do FC Porto se terem sentado apenas com a cadeira de Madaíl a separá-los, diminuiu a crispação. Aliás, bastou alguém atirar a primeira pedra para inflamar o conflito.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Afinal também se queixam

Os corruptos também se queixam quando lhes dói.
A Micaela queixa-se de lhe terem anulado um golo ontem contra o Besiktas (aumentar a imagem do Nojo).
Mas não admitem que outros se queixem disto!
Entre uma imagem e a outra qual é que vos parece mais flagrante?

Semana de emoções fortes

Esta é uma semana de emoções muito fortes para os benfiquistas e claro para os portistas, também. É a semana dos Benfica-FC Porto em várias modalidades.
Começou na 2ª feira com a final da Supertaça em basquetebol, realizada em Albufeira e que o Benfica venceu por 66-63.
Prossegue no sábado, pelas 20 horas no pavilhão Império/Bonança do complexo da Luz, onde o hóquei em patins, vai tentar manter o 1º lugar no campeonato, apesar dos portistas estarem igualados na classificação (15 pontos cada, mas Benfica ganha no saldo de golos). Este jogo terá transmissão televisiva através da Benfica TV.
No domingo, começa às 17 horas no Pavilhão 2, com a equipa de andebol a tentar destronar o adversário do 1º lugar (neste momento os azuis têm 22 pontos e o Benfica 20), com transmissão também na Benfica TV e finalmente às 20,15 horas no Estádio do Dragão (transmissão na Sporttv1) teremos o culminar da semana com o Benfica a tentar diminuir a distância para o 1º lugar.

Kardec, a promessa

O avançado brasileiro Alan Kardec está a surpreender até os brasileiros. 
Apesar de ter jogado na selecção de sub-20, nunca chegou a explodir, quer no Vasco da Gama, seu clube de origem, quer no Internacional, onde estava por empréstimo antes de rumar à Luz.
Lembro-me de ter lido alguns comentários escritos por adeptos brasileiros, inclusivé vascaínos, que diziam que só mesmo um clube português é que compravam um barrete como este. E ficaram todos felizes com 1,5 milhões de euros.
Jorge Jesus, acreditava nele e continua a acreditar, sendo certo que melhorou muito desde que chegou a Portugal.
O seu empresário elogia muito o Benfica e Jorge Jesus porque lhe estão a criar todas as condições para ser um grande ponta-de-lança.
Eu elogio não só o crescimento que ele tem tido como jogador, mas também a postura em campo e fora dele.

Related Posts with Thumbnails