quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Actualidade Benfica

O Benfica apresentou finalmente lucros nas suas contas. Notícia animadora, apesar das reestrurações efectuadas nas empresas do Grupo Benfica. Mais do que o lucro (mais de 2 milhões de euros), o que mais me satisfez foi saber que estamos perto de ficar sem dívidas bancárias.

Esta tarde os presidentes dos três orgãos sociais do clube vão ser recebidos pelo Ministro da Administração Interna para debater a violência com que temos sido brindados sempre que passamos pelo Porto (cidade).
Está quase à porta um novo FC Porto-Benfica por isso é importantíssimo que esse assunto seja debatido e que o senhor Ministro garanta essa segurança.

Infelizmente confirmou-se a gravidade da lesão de Cardozo que o afastará pelo menos um mês dos relvados. Notícia desagradável quando temos jogos importantes à porta.

Roberto, o maior!

Realmente o Roberto é o maior, em altura diga-se. Mas, dentro de campo cada vez mais teima em ser dos maiores. 
Ontem não teve qualquer culpa nos dois golos alemães e salvou um golo certo com uma defesa espectacular, denotando grande golpe de rins e elasticidade.
A cada dia que passa não só está a calar os seus detractores, como a subir de forma e sobretudo de confiança. Quem se aflige agora nos livres ou cantos contra o Benfica? Eu próprio, aqui há semanas atrás ficava com o credo na boca sempre que aconteciam esses lances e agora não. Claro, que qualquer livre ou canto é lance susceptível de dar golo, mas não porque Roberto está na baliza.
Curiosamente, no jogo de ontem, Roberto e toda a defesa foram impecáveis nos lances aéreos, os erros defensivos foram desta vez rente ao solo.

Piercings e tatuagens!

Através duma norma interna, o Sporting recomenda aos seus trabalhadores que não mostrem piercings e tatuagens, para além da não utilização de gangas, chinelos, calções e ténis enquanto estejam ao serviço do clube.
Não sou contra, embora gostasse de saber como farão os empregados que têm por exemplo braços tatuados. Terão que usar manga comprida mesmo no verão?
Se se preocupassem mais com coisas mais importantes e menos com "mariquices", talvez o clube estivesse melhor.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Ficou difícil mas não impossível

Com o empate (105-105) do Benfica frente aos ucranianos do Ferro ZNTU, embora seja difícil, mas continua em aberto a passagem da eliminatória. Esta equipa já nos habituou a não dar por perdido nenhum jogo!
Foi um jogo alucinante com sucessivas trocas de vencedor e no final, quando já parecia perdido, veio a recuperação e o empate.
Henrique Vieira e os jogadores acreditam por isso também tenho de acreditar.
Dia 6 na Ucrânia há mais e espero que já possamos contar com Diogo Carreira e Sérgio Ramos.

Bloqueados pela maldição alemã

O Benfica podia perfeitamente ter vencido o jogo de hoje. Todos ficámos com essa sensação até ao momento em que o Schalke marcou o 1º golo.
Este foi um daqueles jogos em que eu não sentia aquele nervoso miudinho porque o Benfica dominava o jogo mas no último terço do campo os passes não saíam bem. E os alemães de posse da bola não se mostravam muito perigosos, salvo alguns rasgos do peruano Farfan, que como prémio acabou por marcar o 1º golo da sua equipa.
Apesar do domínio benfiquista poucos jogadores conseguiam fazer exibições de encher o olho, excepções feitas para Roberto, que defesa ele fez, negando um golo certo, Luisão que esteve imperial, Javi Garcia no seu trabalho de sapa no meio-campo e Carlos Martins a espaços. Já Maxi e Peixoto razoáveis a defender, embora cometendo algumas faltas, Gaitán não conseguiu mostrar ainda o que esperamos dele, sendo substituído por Salvio que não esteve muito em jogo, embora tendo-se mostrado aplicado, David Luiz até estava bem mas estragou tudo com uma perda de bola na linha do meio-campo permitindo a Raúl iniciar um contra-ataque que matou o jogo, Cardozo esteve apagadíssimo, muito lento e acabou por sair magoado, Saviola lutou mas as coisas não lhe saíram bem e finalmente Coentrão hoje não esteve no seu melhor e da forma que nos tem habituado ultimamente. 

Hoje há basquetebol na Luz

O Benfica volta hoje às lides europeias do basquetebol através da Eurochallenge.
O jogo será no pavilhão da Luz, com início marcado para as 18h., contra os ucranianos do Ferro-ZNTU que não são nenhuma pera-doce, pois além de ter jogadores ucranianos de bom nível, conta ainda com quatro (4!) americanos muito fortes.
Apesar de desfalcado de Sérgio Ramos e Diogo Carreira, dois internacionais portugueses cujo valor os benfiquistas bem conhecem, o técnico Henrique Vieira acha que temos condições de ganhar.
A 2ª mão será disputada no dia 6 de Outubro na Ucrânia.
Para os amantes da modalidade é um jogo a não perder, não só por ser o regresso às competições europeias em basquetebol, esta equipa merece o nosso apoio e carinho pelas alegrias que nos deu ao vencer dois campeonatos consecutivos de forma brilhante, o último na final contra os corruptos.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

A Liga dos campeões

A Liga dos Campeões da UEFA não tem nada a ver com a Liga Sagres. Que o diga o Sp. de Braga!
Depois dum apuramento brilhante para a fase de grupos, devo reconhecer, a participação na referida fase tem sido penosa para os Corruptos B. Em dois jogos, já levam 9 golos sofridos e nenhum marcado. É obra!
Depois de uma pesada derrota em Londres frente ao Arsenal, ontem à noite mais uma goleada, embora mais suave, em casa com os ucranianos do Shakhtar. Ah, e afinal não é apenas o Roberto que dá frangos!
Bom, mas voltando à Liga dos Campeões e à diferença para com a Liga Sagres, enquanto na primeira os árbitros são estrangeiros e não permitem grandes veleidades, para além de que dois cartões amarelos dão suspensão, na segunda os árbitros são portugueses e vendidos ao sistema permitindo a certas clubes e jogadores fazerem quase o que querem sem serem expulsos.
Vamos ver com que ânimo vão aparecer domingo na Luz. 
Será que haverá controlo? Eu gostava!

Árbitros estrangeiros já

Que bom seria termos árbitros estrangeiros a apitar na Liga portuguesa.
Não conhecem os esquemas do polvo, não conhecem os jogadores nem os jogadores os conhecem a eles e assim não haveria "manhas", nem cartões pré-aplicados a jogadores influentes.
Depois de ter assistido hoje ao jogo do Braga para a Liga dos Campeões vi que os jogadores bracarenses portam-se bem. Já em Londres tinha visto o mesmo.
Curiosamente, ou talvez não, depois do Benfica ter dado um murro na mesa em relação às arbitragens, só foi mostrado um amarelo na Madeira (Coentrão) e mesmo esse meio forçado.
Vi um excelente gráfico na Gloriosasfera que mostra a "amarelagem" da equipa do Benfica. Temos:
- Maxi Pereira (3 amarelos)
- Luisão (3 amarelos)
- David Luiz (3 amarelos)
- César Peixoto (2 amarelos)
- F. Coentrão (2 amarelos)
- Javi Garcia (3 amarelos)
- Rúben Amorim (3 amarelos)
- Carlos Martins (2 amarelos)
- Aimar (1 amarelo)
- Saviola (1 amarelo)
- Cardozo (1 amarelo)
- Airton (1 amarelo)
- Júlio César (1 vermelho)

Continua a aldrabice com a conivência da Liga

O facto de a estatística oficial da assistência nos jogos realizados no Estádio do Dragão ter a mesma terminação do número da camisola do marcador do primeiro golo não é uma mera coincidência.
Ao que o PÚBLICO apurou, junto de fonte do clube portista, esta "homenagem" ao marcador do golo começou porque apenas as entradas do público em geral são controladas electronicamente.
A este número (a grande maioria) há que somar os espectadores que utilizam os camarotes, cujas entradas não são controladas electronicamente.
Assim, a estimativa do clube é feita para coincidir com o número da camisola do marcador do primeiro golo, sempre que este é apontado na primeira parte.
Algo que acontece desde sempre no Estádio do Dragão. No primeiro jogo oficial, a 7 de Fevereiro de 2004, Maniche (número 18) marcou o primeiro golo e a assistência oficial foi de 46.618.
O PÚBLICO confrontou a Liga com este método de arredondamento e uma fonte oficial respondeu que a instituição "dá como bons" os números recebidos do Dragão, porque são enviados por três entidades: polícia, delegado da Liga e clube. "E são coincidentes", referiu a mesma fonte.

Palavras para quê!!!

Não acredito!

Leões recusam pagar operação de Izmailov!
Será possível? Os leões não quiseram comentar a notícia que foi avançada por um jornal desportivo russo e transcrito aqui.
Ao ler este tipo de notícias que surgem sem uma crítica que seja, fico a pensar quão injusta é a imprensa que temos no que se relaciona com o Benfica, clube que lhes dá de comer e que é sempre criticado com ou sem razão, enquanto os "outros" não são alvo de nenhuma crítica quando tomam atitudes deste tipo.
Já com Caneira também se passa uma situação caricata. O que estes dois jogadores têm em comum? O empresário! Que diga-se de passagem não vale a ponta dum ....!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Esta é para rir!

"Pelas circunstâncias em que saí, era quase impossível regressar ao Benfica", reconheceu esta segunda-feira o médio leonino, em entrevista ao programa "Resultado final" da Sport TV, quando questionado sobre qual teria sido a sua opção se tivesse recebido convites de águias e dragões.
O Sporting é o clube do coração, o FC Porto a equipa que o projetou e o Benfica aquele que deixou piores recordações.
Parece-me que o rapaz não tem a noção dos actos que pratica. 
O Benfica projectou-o para o futebol e ele foi um ingrato para com o clube, saindo a custo zero para os corruptos e agora vem dizer que o Benfica foi aquele que lhe deixou piores recordações. Porque será, és burro?
Nem para o jogo contra a pobreza o Rui Costa te quis a envergar o glorioso manto, quanto mais para te contratarem!

André, o ficcionista


Pessoalmente, sempre gostei muito de ficção científica. Talvez por isso tenha apreciado de forma particular a seguinte pergunta que um jornalista fez, esta semana, a André Villas-Boas: “Coloque-se perante este cenário: no jogo com o Olhanense, o FC Porto é prejudicado pelo árbitro…”
Assim, de repente, lembro-me de vários episódios do “Star trek” com pontos de partida mais verosímeis. Por outro lado, na ressaca da falência do comunismo, podemos estar perante o dealbar de uma nova utopia vermelha – milhões de seres humanos, espalhados pelo Mundo inteiro, que acreditam ser possível construir uma sociedade onde um árbitro marque um penálti contra o FC Porto! Eu acredito! Junte-se o leitor também a este movimento! André Villas-Boas já o fez, nomeadamente quando, em resposta à pergunta acima citada, afirmou: “Há de chegar o dia em que nós nos sentiremos injustiçados (…).” Ele também acredita!
Mas o treinador do FC Porto ainda teve tempo para comentar a reação do Benfica à arbitragem de Olegário Benquerença: “O refúgio para as derrotas vai sempre ser o mesmo”. Isto vindo de um homem que nunca se refugiou na arbitragem para justificar as derrotas tem outra credibilidade. Infelizmente, André Villas-Boas não é esse homem. Basta recordar as suas palavras na última partida que o FC Porto perdeu, em agosto, no Torneio de Paris: “É um árbitro que ajudou à festa dos clubes franceses do torneio (…) Sinto um sentimento de injustiça perante o que se passou no golo”. Só quem já foi prejudicado num lance – e não em quatro – de um jogo particular – e não de uma partida a contar para o campeonato – é que consegue compreender este sentimento de revolta.

Grande Miguel Góis!

Coentrão, mais um ano!

Apesar de ter renovado por mais um ano (até 2016), não significa que vá ficar no Benfica nem na próxima época, infelizmente para nós benfiquistas.
O objectivo da renovação foi o aumento de vencimento para cumprir uma promessa do último defeso em que foi muito pretendido. Ao contrário do que se previa, a cláusula de rescisão manteve-se nos 30 milhões. Só espero que a sair não seja por menos que esse valor!
Fábio Coentrão é um caso invulgar de evolução. O potencial estava lá, mas seja por falta de cabeça ou por qualquer outro motivo, o que é certo é que em menos de um ano, torna-se o jogador português com maior evolução, equiparando-se já aos maiores craques da actualidade.
Por incrível que pareça é quanto a mim o jogador mais importante do Benfica.

AVB, o anti-Robson!

Está demais este email aberto do benfiquista Domingos Amaral.

Caro André Villas-Boas
Lá diz o provérbio popular que mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo. Quando chegaste ao Estádio do Dragão, no discurso de apresentação, e na tentativa de romper com a sombra tutelar de José Mourinho, disseste que, a ser clone de alguém, o eras de Bobby Robson, e não do teu mentor português.
Ora, não foi preciso correr muito tempo para todos verificarmos que, infelizmente para ti, não é verdade. Podes falar inglês e ter o nariz grande, como dizias, mas nas atitudes não segues a escola do gentleman que Robson sempre foi. Em vários anos em Portugal, fosse ao serviço do Sporting ou do FC Porto, nunca o ouvi atacar os clubes adversários, ser provocatório ou acintoso. Era sempre correto e educado, e não perdia o seu tempo a lançar farpas aos outros clubes. Tu, pelo que vejo, vais por outros caminhos, e fazes uma marcação homem a homem, palavra a palavra, a tudo o que o Benfica diz ou faz. Pelos vistos, andas nervoso, e não perdes uma oportunidade para a provocação.
Em vez de te manteres alheio à polémica específica do Benfica com as arbitragens, não resististe e lá vieste perguntar se o Benfica tinha “vergonha de pedir a repetição do jogo Benfica-Guimarães”. É assim que caem as máscaras postiças que as pessoas colocam a si próprias para impressionar o povão.
Clone de Robson? Errado. Um cavalheiro como Robson nunca escolheria esse tipo de palavras, esse tipo de caminhos. Podes ser muita coisa, e até bom treinador, mas clone de Robson está visto que não és.

Crónica dum corrupto sobre Vítor Pereira

O autor deste artigo de opinião é assumidamente adepto do clube corrupto. Apesar disso, decidi postar o artigo aqui para que os benfiquistas possam ver como a verdade é distorcida por certa gente.

Vítor Pereira fez o balanço das primeiras cinco jornadas da Liga Zon Sagres dando o peito às balas e apresentando trabalho. O presidente da Comissão de Arbitragem da Liga apresentou um "power point" e dissecou lances duvidosos a propósito de cartões amarelos, foras-de-jogo e grandes penalidades. Foi uma longa e ponderada exposição que de pouco valeu. No próprio dia e no dia seguinte só importou o que disse sobre os lances do último Vitória de Guimarães-Benfica, com alguns a terem a distinta lata de considerar que o presidente da CA da Liga deu razão aos protestos do Benfica. O que está longe de ser verdade. O que Vítor Pereira disse foi que o lance de Carlos Martins era de facto merecedor de penálti e que o de Saviola (fora-de-jogo) devia ter sido deixado prosseguir. Tudo o que se extrapolou daqui ou nasceu por pura estupidez ou porque dá jeito fazer a vontade ao clube do regime. Mas essa é outra estória...

domingo, 26 de setembro de 2010

Esta é nossa!!!

A supertaça de hóquei é nossa! E por ter sido contra quem foi, tem duplo sabor.
Os corruptos são eneacampeões nacionais e ganharam as últimas 5 Supertaças, por isso imaginem o quanto lhes deve ter custado engolir esta derrota. O seu treinador veio falar em erros de arbitragens que os prejudicou!
Foi uma vitória incontestável da melhor equipa e por números que não deixam quaisquer dúvidas.
 (Foto do Record)
Espero e desejo que seja o início duma época gloriosa, acabando com a hegemonia corrupta na modalidade.

Para não esquecermos a roubalheira

 Até os senhores do "tribunal do Nojo", normalmente tão hexitantes em reconhecer os erros dos árbitros contra o Benfica, não têm dúvidas!
No caso, não foi apenas um, foram dois penáltis, pois na imagem é nítido que o defesa do Marítimo obstrui o César Peixoto de chegar à bola.

Supertaça de hóquei em patins

Disputa-se hoje a Supertaça António Livramento em hóquei em patins entre o Benfica (vencedor da Taça) e os corruptos (vencedores do Campeonato, mais um com as habituais ajudas).
O jogo será disputado em Coimbra e é necessário que todos os adeptos que possam apoiem a equipa.
Existem esperanças fundadas de podermos vencer visto que a nossa equipa está muito melhor este ano, com jogadores mais experientes, casos de Luís Viana, Cacau e Ávalos.

sábado, 25 de setembro de 2010

Fellipe Bastos em grande

Depois de amargar a reserva do Vasco da Gama na primeira metade da temporada, o volante Fellipe Bastos parece que garantiu o posto de titular da equipe e caiu nas graças do treinador PC Gusmão. Forte, habilidoso e com um bom chute, o atleta de 20 anos é tido como peça fundamental do esquema vascaíno nessa fase do Campeonato Brasileiro. Segundo o técnico, ele é o verdadeiro "jogador moderno".
- O Fellipe é um grande atleta. Saiu do Botafogo jovem e ganhou maturidade e experiência na Europa. Hoje posso dizer que é um jogador moderno. Sabe marcar e atacar com facilidade. Essa é a tendência do futebol mundial.
Apesar da pouca idade, Fellipe Bastos passou por quatro clubes europeus: PSV (Holanda), Benfica, Belenenses (Portugal) e Servette (Suíça). O jogador está confirmado como titular do Vasco na partida deste sábado, às 18h30m, contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.
(Fonte: GloboEsporte)

Sem espinhas!

Vitória sem espinhas, apesar de magra. Magra, não por falta de oportunidades mas por falhanços ou grandes defesas do guarda-redes maritimista, que curiosamente começou mal parecendo intranquilo mas depois arrancou para uma grande exibição.
A exibição não foi brilhante mas justificava perfeitamente um resultado mais dilatado. Pena que os nossos avançados não tiveram a sorte do seu lado.
Valeu São Fábio para garantirmos os 3 pontos mais que merecidos.
E o que dizer de mais um penálti que ficou por marcar a favor do Benfica por entrada a ceifar sobre Saviola? O que será preciso fazerem para beneficiarmos dum penálti? Nunca vi nada igual! Salvo erro apenas no jogo com o Sporting não houve nenhum lance passível de grande penalidade.
Cardozo esteve meio desinspirado, tendo passado quase ao lado do jogo.
Foi a estreia a ganhar fora, esperando que tenha sido apenas a primeira.

Éder Luís em grande forma

O benfiquista Éder Luís, emprestado ao Vasco da Gama do Rio de Janeiro, está em grande forma.
No último jogo do Vasco a contar para o campeonato brasileiro, vulgo Brasileirão, marcou um dos dois golos do empate com o Botafogo também do Rio.
Apesar do Vasco da Gama não estar muito bem classificado, é 14º entre 20 equipas, o avançado do Benfica é já o melhor marcador dos vascaínos, apesar de não ser um goleador nato.
Diz estar muito feliz e tem esperança de voltar à Luz.

Confiança é a última a morrer

Mais uma vez os senhores do Nojo atacam o Benfica. Na foto do lado, logo abaixo da foto de Aimar, vem "Voltam as fintas, nem os convocados foram divulgados" e depois "Boicote ao boicote".
O Marítimo-Benfica de hoje é um jogo importante, como o serão todos, para o Benfica até final do campeonato.
Apesar do Marítimo estar em último lugar no campeonato, a classificação não diz nada porque todos sabemos o quanto têm sido roubados neste campeonato, tal como o Benfica. E tem um novo treinador, o ex-sportinguista Pedro Martins.
Será um jogo difícil mas que teremos de ganhar, dê por onde der.
Jorge Jesus afirma que a equipa está a melhorar e a caminhar para níveis normais. Não se sabe é se será suficiente para chegar de novo ao título.
Existem algumas dúvidas sobre o estado físico de David Luiz e Fábio Coentrão.
Aimar e Rúben Amorim ficaram em Lisboa a recuperar para a deslocação à Alemanha onde jogamos na 4ª feira para a Liga dos Campeões.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Candidato, pois claro!

"O futebol português necessita de uma nova visão e de um plano de acção mais abrangente e estou disponível para ajudar a que seja encontrada uma solução para os problemas por que passa".
Esta frase terá sido dita hoje por Vítor Baía, à margem duma visita a uma escola.
Quem é este para ter uma nova visão e um plano de acção mais abrangente sobre o futebol português.
É preciso ter lata!
Este artista, saíu do FCP porque sentia que podia ser melhor aproveitado e porque iria tomar conta da sua Fundação. E agora de repente, bastou o merdaíl ter dito que não se iria candidatar, para logo no dia seguinte vir com esta "tanga".
E ainda teve a lata de dizer que não há estratégias pré-definidas, não há fantasmas, nem conspirações. Pois não, não há!
O Benfica que comece já a preparar um candidato porque senão é mais um "azul" a apanhar um "tacho" importante no futebol português. Ontem já era tarde!

Não aceito que se retire o mérito

Ahahahahah!!!
O mestre André diz que não aceita que se retire o mérito ao Porto pelo que já fez.
E eu não aceito que se retire o mérito ao Benfica pelo que fez no campeonato passado, ganho brilhantemente mas que vocês dessa casa o fizeram, falando de campeonato dos túneis!

Carlos Martins pré-convocado!

É caso para dizer, finalmente!
Carlos Martins que se encontra num bom momento de forma está pré-convocado por Paulo Bento para os jogos da selecção em Outubro.
Também Fábio Coentrão e Rúben Amorim estão pré-convocados, como aliás era de esperar. Só o cego do Queiroz é que não via o óbvio!
Para além destes três para a selecção portuguesa, David Luiz está convocado para a do Brasil, Maxi Pereira para a do Uruguai, Cardozo deve sê-lo para a do Paraguai e espera-se que Gaitán o seja para a da Argentina.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O Benfica não pode ter limites

Não se pode dizer que Roberto chegou, viu e venceu, no Benfica.
Mas, para quem passou o que ele passou nos primeiros dois meses de clube, tiro-lhe o chapéu. Muitos outros que passaram pelo clube e não passaram por metade do que ele passou, não tiveram estofo psicológico e sairam pela porta pequena.
Concedeu uma entrevista ao Jornal do Benfica muito interessante.

Fascinado com os adeptos, Roberto está seguro de que vai mostrar-lhes aquilo que realmente vale. E quando se fala na distância para o primeiro lugar, diz que a única coisa que importa aos jogadores são os próximos três pontos, e depois os seguintes, e assim por diante.

Magoaram-te as dúvidas que as pessoas começaram por ter das tuas capacidades?
“Eh… eh…. Bem… As pessoas têm o direito de pensar o que quiserem. Eu limito-me a fazer o meu trabalho o melhor possível e o mais importante é eu acreditar em mim mesmo e saber sempre qual é o meu limite. Por isso estive tranquilo durante todo este tempo porque sabia que se trabalhasse como estamos trabalhando todos os dias, não apenas eu, mas toda a equipa iria melhorar muito e que as coisas iriam começar a acontecer como calculámos que iriam acontecer quando começámos a trabalhar.”

És uma pessoa tranquila?
“Sim. Considero-me muito tranquilo. Em todos os aspectos. O único dia em que me recordo de estar muito nervoso foi quando nasceu a minha filha e se comparo isso, que considero nervos de verdade, ao meu trabalho, então posso dizer que sou mesmo muito tranquilo.”

Quem parece que te traz azar é o FC Porto. Aleijaste-te com gravidade no Dragão, para a Liga dos Campeões, agora vês o FC Porto a 9 pontos de distância…
“É como digo: futebol. Há coisas pontuais, como ter jogado no Porto na época passada e ter sofrido essa lesão bem complicada para mim, e agora é um rival directo. Desde o dia em que cheguei que interiorizei que o Benfica é o Melhor Clube do Mundo, a minha casa, a minha família, todos os outros são apenas rivais aos quais vamos ter de ganhar.”

Ficaste surpreendido com o que vieste encontrar no Benfica?
“Sim. Houve várias coisas que me surpreenderam. Sobretudo os adeptos. Na pré-época, na Suíça, ver duas e três mil pessoas nos treinos a apoiar-nos, e todo o carinho que nos dispensam aqui todos os dias, mesmo na rua, impressionou-me muito. Internamente, a organização é impressionante. Tem tudo o que é preciso para que o Benfica chegue onde quiser.”

David Luiz "in", Hulk "out"

Saíu mais uma convocatória para a selecção do Brasil que disputará dois jogos particulares na Europa nos dias 6 e 13 de Outubro. Desta vez foram também chamados jogadores a actuar no campeonato brasileiro.
Entre os 23 convocados está mais uma vez o nosso David Luiz, para além de Ramires, que infelizmente já cá não está fisicamente mas parece que continua em pensamento, tal como Di Maria.
Nesta lista surpreendentemente não consta o nome dum tal RULK que segundo David Luiz só sabe ganhar roubado. Terá sido por castigo que Mano Menezes não o convocou?

Reys seria uma boa opção?

José António Reys que jogou no Benfica há duas épocas e actualmente no Atlético de Madrid onde tem sido opção de Quique Flores, termina o contrato com os colchoneros no final desta época.
O Benfica detém 25% do passe do jogador por isso julgo que seria de contratar este jogador, não só pelo seu valor, como para que não se perca o investimento feito nele com a compra da referida percentagem.
Para além de Reys, também Simão termina o contrato com os madrilenos e tal como Reys tem sido titular.
Sei que existe uma certa divisão de opiniões sobre a eventual contratação de Simão. Pessoalmente creio que sem ter a velocidade que o caracterizava, ainda pode ser útil ao Benfica noutras funções em campo e até mesmo no balneário desde que venha disposto a isso.

Mais uma boa notícia!

Depois de terem sido considerados recuperáveis David Luiz e Fábio Coentrão, agora é Pablo Aimar a retomar os treinos, havendo assim esperança de que todos possam alinhar no sábado frente ao Marítimo, no Funchal.
Devido à lesão que o tinha obrigado Aimar a ser substituído ao intervalo no dérbi, pensava-se que não fosse possível uma recuperação tão rápida de El mago.
Como disse no post anterior, o Benfica não pode perder mais pontos neste campeonato para poder manter esperanças em revalidar o título por isso poder contar com todos os jogadores é essencial. E na próxima 4ª feira teremos Liga dos Campeões novamente, agora na Alemanha.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

David e Fábio, sim ou não?

Apesar de estarem em dúvida para sábado, existem grandes esperanças de David Luiz e Fábio Coentrão recuperarem a tempo de jogar na Madeira contra o Marítimo.
Todos os jogos são importantíssimos face aos 9 pontos de desvantagem para a equipa corrupta não assumida, por isso é imprescindível que eles joguem pois são duas peças-chave da equipa.
Infelizmente, o Benfica não se pode dar ao luxo de desperdiçar mais qualquer ponto neste campeonato inclinadíssimo.
E mesmo que o consiga, não é garantido que sejamos campeões!

Mourinho é único

Mourinho tornou-se no melhor ou pelo menos no mais respeitado e disputado treinador do mundo.
Ontem teve "tomates" para criticar o relvado do Santiago Bernabéu, dizendo que era difícil jogar num "batatal"!
Foi criticado pela direcção do Real Madrid? Não! Começaram hoje a recuperar o relvado que estava danificado devido a um grande derrame de óleo da máquina que corta a relva.
Há dias atrás foi a história da selecção nacional.

Uma boa notícia

O clube da corrupção decidiu abandonar o atletismo como protesto pela alteração de regulamentos da FPA. 
Têm todo o direito à indignação! Agora que deixam o ambiente muito mais limpo nas pistas portuguesas, isso deixam, sem nenhuma dúvida.
Com esta decisão só vêm dar razão ao Benfica nas queixas apresentadas em relação ao futebol e à Liga Zon Sagres.

Explica lá Belluschi

"Temos feito bons jogos, os árbitros erram a nosso favor mas também erram contra nós. Temos sido contundentes e estamos onde estamos por mérito próprio e não pelos erros dos árbitros".
Então explica lá Belluschi quando e onde os árbitros erraram contra vocês no actual campeonato!
Acho que ele não conseguiria explicar se lhe tivessem pedido.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Mau perder

Maniche afinal foi suspenso por um jogo, não por fazer gesto para a bancada como chegou a ser publicado nos jornais de ontem, mas sim porque após o jogo de domingo, quando se dirigia para os balneários respondeu às bocas, arremessando uma garrafa de água em direcção às bancadas e o árbitro Carlos Xistra viu e deu-lhe ordem de expulsão. Ainda assim teve sorte pois só levou um jogo de suspensão.
Os adeptos do Benfica não têm memória curta. Todos se lembram da forma como se transferiu do Benfica para o Porto há uns anos atrás.
E ainda queria ele envergar o manto sagrado no jogo contra a pobreza em Janeiro passado.

O coitadinho do PC

Carolina usava tudo para me denegrir
O coitadinho teve a "lata" de dizer a frase acima, hoje em tribunal, no âmbito do processo das agressões ao ex-vereador de Gondomar, Ricardo Bexiga.
"Tudo o que fosse para denegrir a minha imagem, ela usava", disse hoje Pinto da Costa, ao depor nos Juízos Criminais do Porto, no início de um processo em que acusa Carolina Salgado de difamação, por o ter considerado, em entrevista, como mandante do crime. 
Pobre coitado! Ele é um inocentinho que não faz mal a uma mosca.

Brincadeira

O presidente da Comissão de Arbitragem da Liga (Vitor Pereira) falou hoje publicamente sobre 20 lances polémicos ocorridos nas 5 primeiras jornadas da Liga Zon Sagres, mas no fundo, para além de reconhecer que o lance sobre Carlos Martins é penálti e o fora-de-jogo assinalado a Saviola foi mal assinalado, não disse nada do que queríamos ouvir e que o Benfica tinha exigido.
Sendo assim, o Benfica não pode ficar calado calmamente à espera que sejam tomadas medidas que nunca o irão ser.

Gaitán na selecção Argentina

Mesmo sem ser 100% titular no Benfica, o jovem Gaitán está nos planos do seleccionador interino argentino para o próximo amigável com o Japão.
Gaitán é um craque em evolução, ninguém tem dúvidas, embora ainda esteja a adaptar-se ao futebol europeu, mais rápido e duro que o argentino.
Dono de um pé esquerdo sensacional, falta-lhe melhorar a capacidade física e o jogo defensivo para se afirmar como indiscutível na asa esquerda do Benfica. Quando isso acontecer, ele e Fábio Coentrão formarão uma ala imparável!

E assim se faz um campeão

O Porto venceu e atendendo ao que jogou mereceu, mas às vezes a história dum jogo muda com uma má decisão do árbitro como todos sabemos.

Numa breve visita aos jornais não desportivos deparei com estas pérolas.

Reforçar moral sem sofrimento

Confirmando uma tradição feliz na Choupana, o FC Porto somou a 5ª vitória consecutiva e consolidou o moral e a liderança. Perante um Nacional demasiado frágil, a equipa de Villas-Boas passeou uma superioridade evidente, tendo também a seu favor os incidentes do jogo: um autogolo a desbravar caminho e um penálti não assinalado logo a seguir como momentos-chave de um triunfo que o resto do jogo tornou incontestável. (In CM)

Aos 22 minutos, Rolando comete grande penalidade, ao colocar a bola dentro da grande área, mas a falta passou despercebida à equipa de arbitragem chefiada por Bruno Paixão. (in DN)

Este FC Porto de Villas-Boas é uma máquina de futebol feita para atropelar adversários – e nem sequer precisava da ajuda de Bruno Paixão para se impor (como fez, vencendo o Nacional por 2-0).
O árbitro não viu mão de Rolando na área portista logo a seguir ao golo do FC Porto e ainda assinalou um penálti controverso sobre Varela (que Falcao acabaria por desperdiçar atirando ao poste). (In Público)
 
Outros, como o JN, nem se referem ao lance do penálti de Rolando.
 
É incrível como a imprensa continua a passar por cima dos erros dos árbitros nos jogos do Porto sem fazer uma crítica. E o pior é que se derretem em elogios ao Mestre André.
Nota: Os sublinhados são meus!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

E a roubalheira continua (actualizado)

O FC Porto está a ganhar na Madeira por 1-0, mas logo depois do golo porkista, o Nacional vai ao ataque e num cruzamento da esquerda Rolando corta descaradamente a bola com o braço. Tão evidente que os elementos da TVI disseram claramente que era penálti.
O árbitro Bruno Paixão mandou seguir o baile. E a roubalheira continua!

A propósito de Maniche

Maniche jogou ontem pela primeira vez com a camisola do "seu" Sporting contra o Benfica.
De acordo com a notícia abaixo, o rapaz iria entrar na Luz zangado com Rui Costa.
"É que apesar de conhecer a sensação de jogar no Estádio da Luz a camisola de um rival - jogou no FC Porto - desta vez vai estar cara a cara com Rui Costa. Pessoa que, segundo o DN apurou, não goza de muita simpatia na família Ribeiro.  
Maniche não gostou de saber que o director encarnado vetou a presença dele no jogo de homenagem às vítimas do Haiti em Janeiro, entre os amigos de Zidane e Ronaldo e uma equipa de velhas glórias das águias".
Este rapaz deve ser daqueles que pensam que merecem uma estátua nos clubes por onde passam. Saíu do Benfica para o FC Porto da forma que todos sabemos e ainda queria envergar o manto sagrado? É doido, o rapaz!!!

Rescaldo do dérbi

O jogo de ontem valeu apenas 3 pontos, é um facto, mas por ter sido com o Sporting, por ter sido na altura que foi, pode valer muito mais que isso.
O péssimo começo de campeonato que o Benfica teve, originou um decréscimo de confiança, quer da equipa, quer dos sócios/adeptos. Por isso, a vitória de ontem foi importantíssima.
Destaco nesta vitória dois jogadores, não porque tenham feito uma exibição de sonho, mas porque têm estado debaixo de fogo, mesmo a nível interno. São eles, Roberto e Cardozo.
Roberto, para além de não ter sofrido nenhum golo mais uma vez em jogos de campeonato, a outra tinha sido com o Setúbal mas nesse jogo não jogou os 90 minutos, se bem que tenha defendido um penálti decisivo, fez algumas boas defesas e pela primeira vez senti confiança nele. 
O caso que a imprensa criou à sua volta foi uma tentativa de assassinato duma carreira. Queria ver se tivesse sofrido o 2º golo de Cardozo o que diria a imprensa. De Rui Patrício não disseram nada parecido com o que têm dito dele!
Cardozo, depois de assobiado pelos adeptos, antes de os ter mandado calar, mostrou a sua humildade pedindo desculpa e ontem resolveu o jogo, com a ajuda da equipa. Podia até ter assumido a liderança dos melhores marcadores se tivesse marcado mais duas das oportunidades que teve. Estou-me a lembrar da bola ao poste logo aos 4 minutos e do chapéu a Patrício que saíu rente ao poste!
A exibição da equipa já esteve ao nível de muitas da época passada o que me deixa esperançado que o título ainda é possível se não aparecerem arbitragens habilidosas. A de ontem não chegou, apesar das faltas e dos cartões.

domingo, 19 de setembro de 2010

Lagartos só fizeram m***da

No jogo de hoje na Luz, os adeptos lagartos só fizeram m***da!
Um deles andou durante o jogo todo a apontar um laser verde à cara de Jorge Jesus.
Outro, partiu parte duma cadeira e enviou-a para cima onde estavam benfiquistas, só que não calculou bem a distância e o bocado de cadeira caiu nos c**nos doutro lagarto da claque Juve Leo.
Foram encontrados bilhetes falsos entre os adeptos leoninos, disse fonte policial.
No campo também fizeram muita m***da, especialmente Liedson que é sempre o mesmo nojento a tentar arrancar faltas aos adversários.
Para completar o ramalhete, o treinador Paulo Sérgio esteve no banco mas não viu o jogo pois disse que o Sporting teve tantas oportunidades como o Benfica. 
Enfim, são uns tristes vendidos ao sistema!

Benfica finalmente ao seu nível

O jogo com o Sporting serviu acima de tudo, não só para mostrar que temos equipa de novo, como para dar início à recuperação na tabela classificativa.
Além dos dois golos marcados ficaram por marcar mais 3 ou 4, enquanto que o Sporting poderia ter marcado por Liedson quando atirou ao lado com Roberto batido, na sequência duma perda de Rúben Amorim. Olhando às oportunidades perdidas, o resultado mais justo seria um 5-1!
A equipa finalmente apresentou neste jogo a pressão alta que era a sua imagem de marca da época passada, o que demonstra que está bastante melhor fisicamente.
No Benfica todos jogaram bem, até César Peixoto que é claramente o elo mais fraco desta equipa que derrotou hoje o Sporting.
Apesar de não destacar ninguém, tenho de referir os dois golos de Cardozo que poderiam ter sido 4, não só pelo remate ao poste, como pelo chapéu a Rui Patrício que saíu rente ao poste.
Espero tenha sido o início da recuperação, mas para isso era imperativo que o Porto perdesse pontos amanhã na Choupana, depois do Braga ter perdido hoje em Paços de Ferreira.

Grande Paços!

Depois de ter estado a perder por 2-0, deu a volta e empatou com o Braga já em cima do apito final!
No Paços, os nossos Nélson Oliveira jogou a titular e David Simão entrou aos 59 minutos.
Mais desenvolvimentos daqui a pouco.

Vítimas!

Na época passada, o senhor indignou-se muito com o castigo ao Hulk, e muitos portistas o seguiram. Para cronistas, notáveis e jogadores, foram os castigos a Hulk que “impediram” o FC Porto de lutar pelo título. Os azuis, nas suas palavras e nas de muitos adeptos, foram “vítimas” do diabólico sr. Ricardo Costa, que insinuavam ser um perseguidor a mando do Benfica. Goste-se ou não, a sua tese colou e muitos são os que acham que o Benfica foi “ajudado” a ganhar o título por essas formas indiretas. Não foi. O Benfica foi campeão porque jogou mais e melhor que os outros, mas a sua tese tinha um objetivo óbvio: mascarar as evidentes falhas do FC Porto em muitos jogos, desviando as atenções com “fait-divers”, ou com “entretenimento”, como lhe chama o seu atual treinador, Villas-Boas.
Excerto do email aberto de Domingos Amaral a Pinto da Costa (Record)

Presunção e água benta

Costuma-se dizer que presunção e água benta, cada um toma a que quer!
O treinador do FC Porto está em alta beneficiando da conjuntura vigente no futebol português. Até agora venceu os 8 jogos oficiais em que participou e isso está a provocar o seu endeusamento por parte de certa imprensa e o auto-convencimento.
Alguns venceu com mérito, outros com ajudas. Ajudas que ele não admite, senão vejamos o que ele disse:
Sobre as polémicas relacionados com a arbitragem, Villas Boas preferiu manter-se à margem: "Parece-me claro que a arbitragem é completamente imparcial. Os erros podem acontecer. Se aconteceram ou não, parece-me claro que aconteceram, aqui e ali, em vários campos. Se eles foram fundamentais, não sei".
Curioso que em Portugal não se queixa das arbitragens, mas em Paris queixou-se como diz e muito bem o nosso R.A.P. 
 
(Post publicado no Blog do Manuel)

sábado, 18 de setembro de 2010

Murro na mesa!

Para um observador desatento, alguém que tenha vivido muito tempo no estrangeiro ou possua apenas algumas noções elementares sobre futebol – e apercebo-me, neste momento, que o prof. Carlos Queiroz encaixa em ambas as categorias – não deixa de ser bizarro que o maior clube de Portugal detenha tão pouca influência nos centros de decisão. Se não, vejamos: um outro clube é condenado por corrupção e não desce de divisão; o presidente de um outro clube é apanhado a produzir declarações comprometedoras em escutas telefónicas e é absolvido pelos tribunais comuns; um jogador de um outro clube que agrediu comprovadamente um steward vê o castigo ser reduzido para três jogos; e, em termos de arbitragens, o Benfica é prejudicado de forma sistemática. Como costumo dizer, errar é humano; mas errar sempre para o mesmo lado é fruta.

Basquetebol começa vitorioso

O bi-campeão estreou-se na pré-época a vencer e a conquistar taças.

Mantorras, o adeus?


Luís Filipe Vieira disse-o na entrevista à SIC mas depois não se ouviu mais nada. Porém, parece que já houve uma conversa inconclusiva entre Pedro Mantorras e LFV.

Apesar de, segundo o médico que o operou, o jogador estar muito melhor do joelho, continua a não ter condições para competir ao mais alto nível. Disso não há dúvidas nenhumas.
Aliás o médico terá dito em tempos ao Benfica que Mantorras não poderia competir todas as semanas e não mais de meia parte de cada vez.
Vamos aguardar pelo desfecho para saber se Mantorras continua no Benfica, em Portugal ou em Angola.

Espírito de equipa

Ouvi as declarações de Aimar e gostei!
«O grupo está com ganas de mudar situação, mas isto não é uma ciência exacta. Às vezes as coisas não saem como nos preparamos para acontecerem. Foi isso que aconteceu em três dos quatro jogos. Não é por falta de vontade nem de humildade... As coisas não saíram como esperávamos, tivemos três derrotas inesperadas, duas das quais não merecíamos. Isto não é como um exame, que se estuda e corre bem. Jogamos contra 11 que querem o mesmo que nós. Há vezes em que não sai, porque não se está num bom dia, porque se tem uma dor, porque o primeiro passe sai mal...»
Espero que no domingo ele e toda a equipa faça uma jogatana e ganhemos.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

À atenção dos clubes portugueses

Notícia muito interessante e que poderá merecer a atenção dos maiores clubes portugueses.
O River Plate da Argentina vai ser o 1º clube no Mundo a possuir uma Universidade própria.
A Universidade do River Plate de Buenos Aires já tem autorização governamental e vai disponibilizar duas faculdades: Educação e Desporto e ainda Economia e Administração Desportiva.
Na faculdade de Educação e Desporto serão leccionadas as licenciaturas de Educação Física (ramo de ensino) e Educação Física (profissional).
Na segunda faculdade, as licenciaturas apresentadas são Administração, Administração Desportiva e Marketing Desportivo.
O River Plate já contava com escolas do primeiro, segundo e terceiro ciclos.
O UNAM do México ou o San Martin de Porres de Peru também possuem universidades, mas foram primeiro instituições de ensino e somente depois clubes de futebol.

Estes sportinguistas ...

É tão engraçado ver os sportinguistas a lamentarem-se e a criticaram apenas o que tem a ver com o Benfica. Quando são os amigos, ficam caladinhos com medo de desagradar e perderem as benesses.
Há um lagarto que escreve no Record, de nome Daniel Oliveira que saiu-se hoje com esta pérola de artigo.
Desde que começou a perder, o Benfica descobriu uma multidão de inimigos. Se no ano passado tudo estava na paz dos deuses, bastaram algumas derrotas para haver uma conspiração universal. A reação não podia ser mais absurda. Primeiro, fazem chantagem com Sport TV. Ou seguem a linha editorial do canal Benfica ou perdem direito às transmissões. O segundo apelo de Luís Nazaré é ainda mais extraordinário: quer que os benfiquistas deixem de acompanhar a equipa quando esta joga fora. Nunca me deixarei de espantar com os instintos suicidas dos nossos dirigentes desportivos.

Presunção e água benta ...

Os corruptos iniciaram hoje a sua participação na Liga Europa e venceram em casa o Rapid de Viena da Áustria por 3-0.
Só porque ganharam a uma equipa dum campeonato sem qualquer expressão já começam a pavonear-se e a puxar os galões.
- Belluschi quer ganhar a Liga Europa;
- Maicon, a equipa pode chegar à final da Liga Europa;
- Castro, estamos muito confiantes.
Pois eu apostava que não a vão ganhar, nem sequer vão à final!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Bomba atómica

As recentes orientações saídas do plenário dos Orgãos sociais do Benfica serviram de mote a um artigo de opinião do jornalista Rui Santos.
Concordo com algumas coisas que disse e discordo doutras.
Partilho o artigo convosco.
Acostumados às declarações bombásticas dos dirigentes desportivos, sempre que se sentem acossados ou maltratados pelo sector da arbitragem, o País (desportivo) reagiu com indiferença ao comunicado do plenário dos órgãos sociais do Benfica presidido por Luís Nazaré.
Há quem fale de “bluff”. Há quem fale de desespero.
A matéria tratada em comunicado não é suscetível, porém, de ser encarada com leviandade. É matéria demasiado séria.
Ninguém pode acreditar que o Benfica esteja a fazer “bluff” para colher frutos no imediato, numa semana marcada pelo regresso à Liga dos Campeões e pelo dérbi (da) capital com o Sporting.
Um eventual logro europeu está ultrapassado, mas é na prova mais importante do calendário futebolístico nacional que o Benfica está a falhar, com uma distância impensável de 9 pontos para o FC Porto, à 4.ª jornada da Liga.
Perante os danos provocados pela incompetência da equipa de arbitragem chefiada por Olegário Benquerença em Guimarães, esperava-se que os responsáveis benfiquistas reagissem. E assim aconteceu após o jogo, numa ação concertada, com Rui Costa, Jorge Jesus, Luís Filipe Vieira e alguns jogadores a dar voz (grossa) à indignação.

Colaboradores

O Blog Falando Benfica para poder crescer ainda mais e possibilitar mais e melhor informação, precisa de colaboradores que queiram escrever no mesmo.
Aos interessados apenas se exige que sejam benfiquistas, sócios de preferência, com vontade de escrever sobre o Benfica (futebol e modalidades), criticar os adversários, denunciar manobras pouco claras dos bastidores e tudo o mais que seja pertinente para defender o Glorioso.
Não existe linha editorial pelo que cada um pode escrever sobre o assunto e a forma que quiser, assumindo as suas responsabilidades pelo que escrever.
Os interessados deverão contactar o autor do Blog neste email: falandobenfica@gmail.com

Quem é Laurentino Dias?

Estávamos nos inícios de Setembro de 1988. Já se tinham realizado duas jornadas do Campeonato Nacional de Futebol quando a «bomba atómica» foi lançada: o Famalicão, acusado de corrupção na época anterior (compra do jogo contra o Macedo de Cavaleiros), era despromovido à III Divisão. Alguns dias antes, o Conselho de Disciplina da FPF dera como não-provada a tentativa de corrupção, mas o Conselho de Justiça foi de opinião contrária. O beneficiário directo foi o Fafe, que assim ascendeu à I Divisão em substituição do Famalicão.

O advogado do Fafe e grande responsável pela reviravolta federativa era então Laurentino Dias, que à época ocupava também o lugar de Presidente da Assembleia Municipal de Fafe e de Deputado à Assembleia da República pelo PS. Dizia-se à boca cheia, na altura, que foram as suas movimentações de bastidores que permitiram a despromoção do Famalicão.

22 anos depois, agora Secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias intervém de forma descarada na vida interna de uma Federação à qual tirou recentemente o Estatuto de Utilidade Pública. Ao enviar recados sobre Carlos Queirós e ao avocar a si o processo, via Autoridade Anti-Dopagem, mostra mais uma vez o quão negativo tem sido a sua passagem pelo desporto português ao longo das últimas décadas. E com isto, sofre o futebol luso e a Selecção Nacional. A debandada dos jogadores já começou.

Laurentino Dias é uma maçã podre do desporto português, que deve ser removida o quanto antes para bem de todos nós.

Saudaçoes Benfiquistas.

O que fará o Xistra?

O árbitro do dérbi é outro daqueles que não nos deixou boas recordações dos jogos que já nos apitou.
Não fora a tomada de posição pública sobre as arbitragens e eu estaria aqui de coração nas mãos perante a perspectiva de mais uma arbitragem habilidosa deste Xistra. 
Estou convencido que este artista do apito não terá "tomates" para prejudicar o Benfica, ainda mais em casa. Se o fizer, arrisca-se a não sair da Luz de boa saúde face ao clima que está instalado e sabendo os adeptos que até a Direcção está solidária com este problema das arbitragens.
Os sportinguistas já estão com medo e o seu dirigente Rogério Alves veio dizer em público que o Benfica está a exercer pressão sobre o árbitro para o jogo de domingo. nada de mais errado, mas ...

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

A falta que o Benfica faz!

O Benfica é o pai dos pobres! 
Logo no dia seguinte às orientações dos Orgãos Sociais do clube a solicitar aos sócios/adeptos para que não se desloquem aos campos dos nossos adversários apareceram presidentes de clubes chamados pequenos a lamentarem-se uns, a criticarem outros, referindo que tem de haver respeito  e solidariedade pelos clubes. Líricos!
Vejam no mapa abaixo as assistências de cada um no jogo com o Benfica e a média geral, sempre muitíssimo inferior. E atenção que a assistência com o Benfica ainda melhorou a média!

O peso das águias nos estádios da Liga

Adversários | Lotação | Espectadores | Média
Guimarães 29 865 | 27 310  | 15 884
Belenenses 19 980 | 17 473 | 3377
Leiria 23 500 | 22 676 | 3480
P. Ferreira 5172 | 4865 | 1659
Braga 30 286 | 24 181 | 14 274
Sporting 50 080 | 45 880 | 24 606
Olhanense 11 622 | 8206 | 4362
Rio Ave 10 751 | 7060 | 2593
Marítimo 5000 | 5000 | 3490
Setúbal 15 457 | 9640 | 4407
Leixões 9766 | 6474 | 3644
Nacional 5132 | 4646 | 2092
Naval 9471 | 7491 | 2092
Académica 29 880 | 21 742 | 4960
FC Porto 50 399 | 44 902 | 33 464

Grande notícia!

O jornal A Bola noticia hoje que o seleccionador nacional de basquetebol, Moncho Lopez, poderá estar de saída.
Convidado pela Federação a abandonar o FC Porto negou-se a fazê-lo. 
O problema é que parece estar no contrato que poderia acumular funções e agora se não houver entendimento vai ter que ser indemnizado!
Oxalá saia mesmo porque depois de ter aliciado João Santos do Benfica para se transferir para o Porto, assim como outros jogadores de outros clubes, os benfiquistas não podem vê-lo na frente.
Como é que os jogadores do Benfica que vão à selecção podem trabalhar com gosto com este homem, depois de vê-lo a defender a corruptagem como o tem feito?
Fala-se em Mário Palma para o substituir o que a confirmar-se seria o melhor que podia acontecer à nossa selecção de basquetebol.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

O Laurentino e as desculpas

O sr. Laurentino Dias já sentiu os calos a apertar e defendeu-se rejeitando as críticas do Benfica.
O eleitorado benfiquista é grande e certamente já levou um puxão de orelhas do Sócrates que por acaso é benfiquista mas não o demonstra muito. É que até hoje os governantes tinham mais medo de desagradar aos portistas por saberem da sua radicalidade. No futuro, terão de ter mais atenção aos benfiquistas porque estes finalmente se uniram e deram um murro na mesa.
Mas, voltando ao Laurentino, rejeitar apenas é muito fácil, o difícil é dar explicações plausíveis. Para umas coisas, nomeadamente dar apoio ao sistema, deve intrometer-se, para outras, nomeadamente pôr a FPF dentro da lei já diz que o assunto é da esfera do futebol. Poupe-nos sr. secretário de estado!

Entrada com o pé direito

Para quem estava mal habituado da época passada, esta vitória por 2-0 soube a pouco. Alguns bons períodos, intercalados por outros menos bons.
Eram desnecessários os assobios à equipa por parte de alguns adeptos, especialmente nesta altura em que devemos estar, mais do que nunca, unidos.
Gostei de Roberto e gostei mais ainda de Aimar, o melhor em campo para mim, esperando que a lesão que sofreu não o impeça de jogar no domingo contra os lagartos. Pelo contrário, não gostei nada do Gaitán hoje. Muito lento, a errar passes e a fazer faltas, sendo por isso muito bem substituído.
O Hapoel não é um nome conhecido mas é melhor equipa que muitas outras de nome sonante, aliás isso mesmo foi referido por Jesus no final da partida.
Contam os 3 pontos, os 800 mil euros e a liderança do Grupo B para moralizar a equipa. 
Estou convencido que o jogo de domingo contra os lagartos será bem melhor porque é um derby, porque o Estádio vai estar muito mais cheio e porque a motivação dos jogadores é bastante maior.

Obrigados a participar

Afinal parece que seremos mesmo obrigados a participar na Taça da Liga mesmo que não queiramos. Confesso que fiquei surpreendido ao saber da obrigatoriedade de participação, de acordo com o ponto 3 do Artigo 56º do Regulamento Disciplinar do organismo, "se a desistência se verificar depois de iniciada a competição, os clubes serão punidos com a pena de desclassificação da prova, exclusão de todas as provas organizadas pela Liga e multa acessória de cem mil euros". Assim, se o Benfica quer continuar a participar na presente edição do campeonato, vai mesmo jogar a Taça da Liga.
É meio estranho e dará azo até a alguma chacota, colocarmos essa hipótese nas orientações saídas do plenário de ontem, sem que alguém se tenha informado antes do que diz o regulamento.

Hoje há Champions League!

Depois de uns anos de ausência, é o preço que estamos a pagar por termos ficado cobardemente tanto tempo silenciosos e aceitando passivamente sermos "comidos" pelo sistema corrupto implantado no futebol português, hoje voltamos à Liga dos Campeões da UEFA.
Jogamos em casa contra os israelitas do Hapoel Telavive e não podemos deixar de ganhar. Em nossa casa mandamos nós, por mais que o técnico adversário diga que estudou bem o Benfica e os seus pontos fortes e fracos. É imperioso começar com o pé direito na competição para ganhar confiança e embalar para o 1º lugar do Grupo logo no primeiro jogo.
Jorge Jesus garantiu ontem na conferência de imprensa que a equipa está preparada e pronta para fazer um grande jogo. Oxalá que seja, pois já estamos com saudades das grandes exibições.
Ao que parece entrará em campo o mesmo onze que iniciou o jogo de Guimarães.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

A frase do Comunicado

O Benfica agirá sempre no estrito cumprimento da lei, não estando disponível para trilhar caminhos sinuosos que outros percorreram sem problemas de consciência e sem reparo ou castigo da justiça.
Se for outro caminho que os benfiquistas querem seguir, então estes órgãos sociais não servem. No nosso mandato não vamos montar uma estrutura organizada à margem da lei, nem um modelo de violência e intimidação de agentes desportivos ou jornalistas. Essa não é a nossa postura, nem a nossa forma de agir. Ganhar dessa forma é apenas alimentar uma mentira.
Esta foi a parte do comunicado emitido pelos Orgãos Sociais do Benfica que mais gostei de ler.
Tomem lá corruptos!

Nunca defendemos condições de privilégio, o que sempre reclamámos na nossa história foi igualdade de tratamento, isenção no momento de tomar decisões e verdade.
Para que não fiquem dúvidas que somos diferentes!
Dentre as orientações que saíram do plenário, no meu entender, as mais fortes ou que podem ter maior impacto porque mexem com os "bolsos" de muita gente, são:
1- queremos pedir aos sócios e adeptos do Benfica que continuem a apoiar, de forma inequívoca e sem reservas, a equipa nos jogos que o Benfica realiza no Estádio da Luz, mas que se abstenham de se deslocar aos jogos fora de casa.
2- suspensão imediata de quaisquer negociações relativas aos direitos televisivos relativos aos jogos da sua equipa profissional a partir da época 2012/13 que possam estar a decorrer com a Olivedesportos.
3- equacionar, em face do desgaste e da falta de garantias de isenção na arbitragem agora evidenciadas, a participação na presente edição da Taça da Liga.
Estas mexem verdadeiramente com os bolsos dos clubes que fazem do jogo com o Benfica a receita da época, obrigando eventualmente a Liga a ter de puxar os cordões à bolsa, sob pena de ver muitos clubinhos falirem, com os bolsos do maior "mamão" do futebol português que enriqueceu à custa do futebol e do Benfica em particular e finalmente com os bolsos da Liga que alberga toda a cambada que conspurca o futebol em Portugal.

O comunicado em vídeo!

O comunicado por escrito já está espalhado por todo o lado, por isso preferi o vídeo.


(Obrigado ao JJD do Pinceladas Gloriosas)

Fanfarronice!

O técnico do Hapoel veio dizer em conferência de imprensa que estão preparados para travar o Benfica, que estudaram os pontos fortes e fracos, que têm a lição bem estudada. E como a bola é redonda até pode acabar por ganhar, quem sabe.
A questão é que me parece ser demagogia barata, daquela que já não se usa.
Que viesse dizer que estão preparados, estão confiantes num bom resultado, etc., tudo bem. Agora falar desta forma, arrisca-se a engolir o que disse, este fanfarrão!

Vamos acreditar na equipa e em Jesus

Consta que no final do jogo de Guimarães, apesar da derrota nas circunstâncias conhecidas por todos, Jorge Jesus terá tentado moralizar os jogadores dizendo-lhes, "vamos ser bi-campeões"!
O atraso já é grande e não sabemos como irão ser as arbitragens futuras.
Embora não sejamos anjinhos para acreditar que não nos prejudicam mais, também não podemos perder as esperanças porque esta equipa já demonstrou no passado recente que é capaz. 
Se não vier o campeonato, existem outras provas para ganhar, por isso nada de baixar os braços.
É preciso fazer uma boa carreira na Liga dos Campeões, não só pelo dinheiro, muito dinheiro que rende, mas também pelo prestígio.

A expectativa é grande

Confesso que ao ler a notícia da "Bola" fiquei cheio de expectativa porque parece que finalmente os orgãos socias do Benfica acordaram e vão tomar medidas drásticas. Já não era sem tempo!
Realmente não podemos permitir que o clube da fruta corrupção e putedo mande, no mau sentido, no futebol português. Nós, pela nossa grandeza não podemos permitir que andem a brincar com o Benfica.
São muitos milhões de euros, muitos milhões de sonhos, que não podem ser-nos sonegados assim à má fila.
Será que finalmente vamos ter a coragem suficiente para dizer basta ao actual estado do futebol português?
Pelo que sinto e pelo que tenho lido, todos os benfiquistas estão prontos para o sacrifício, se for necessário, em prol da limpeza e do futuro do futebol português.
Não sou dos que alinham na onda de bater em tudo e em todos, até porque é perigoso. Sou sim pelos que alinham que o Benfica tem de impor a sua força em prol da justiça, mesmo que isso nos custe alguns prejuízos no imediato.
Não vejo a hora de saber o que vai sair do plenário dos orgãos sociais do Benfica.

domingo, 12 de setembro de 2010

Benquerença irrita Liga e acaba na jarra

Ladrão! Corrupto!
 O árbitro Olegário Benquerença vai ser punido pelo Conselho de Arbitragem da Liga e vai para a ‘jarra’, ou seja, não vai ser nomeado para nenhum jogo da próxima jornada, devido ao mau desempenho no V. Guimarães-Benfica (2-1), apurou o CM. Com uma arbitragem que influenciou claramente o resultado do encontro, o árbitro internacional Olegário Benquerença criou uma onda de revolta nas hostes benfiquistas, com as críticas a surgirem do técnico Jorge Jesus, do director desportivo Rui Costa e até do presidente Luís Filipe Vieira, que não calou a sua indignação.
A desilusão não ficou apenas do lado do Benfica, o CM sabe que o presidente da Comissão de Arbitragem da Liga, Vítor Pereira, não gostou nada do que viu e vai tomar a decisão de deixar o juiz leiriense de fora, para já, na próxima jornada. É que, após a entrevista de Luís Filipe Vieira à SIC, onde teceu críticas às arbitragens anteriores dos jogos do Benfica (soma uma vitória em quatro jogos), Vítor Pereira contava com uma boa exibição de Olegário para travar a onda de contestação benfiquista. Pura ilusão. A sucessão de erros do árbitro veio dar razão (ver rodapé) e força às acusações de Vieira, que tinha também alertado para a violência em torno da equipa (o autocarro dos encarnados foi apedrejado perto do Porto quando seguia para Guimarães).
O CM sabe que o observador do árbitro no jogo de Guimarães, Arlindo Coimbra, atribuiu nota negativa a Benquerença. No entanto, o relatório só será analisado durante a próxima semana.
Os ecos desta arbitragem, polémica e com muito casos, deixou também, sabe o CM, o presidente da Liga, Fernando Gomes, muito preocupado, pois o seu objectivo era manter o ambiente tranquilo em torno da arbitragem, de forma a atenuar as ondas provocadas com o caso do despedimento do seleccionador Carlos Queiroz.
Apesar da insistência do Correio da Manhã, Olegário Benquerença esteve incontactável durante o dia de ontem.

Tiro o meu chapéu!

O futebol português rejuvenesce
Há duas semanas, escrevi aqui que a época 2010/2011 começava naquele dia, quando o Benfica jogasse com o Vitória de Setúbal. O jogo acabou com a vitória do Benfica por 3-0, e eu convenci-me de que tinha razão. Afinal devo confessar que me enganei. Não estamos a assistir ao inicio da época 2010/2011. O campeonato que agora começa é o respeitante à época 1996/1997. Aquele ano em que se juntaram, na primeira divisão, árbitros como José Pratas, Augusto Duarte, Soares Dias e Isidoro Rodrigues, entre tantos outros. A arbitragem de ontem, em Guimarães, foi de 96/97.Até quem viu o jogo em casa sentiu o cheiro a naftalina. E os apreciadores de antiguidades terão admirado o rigor com que Olegário Benquerença aplicou as regras daquela altura.
Foi um espectáculo comovente. Quando um jogador vimaranense tentou separar a perna do Aimar do resto do corpo com um pontapé, dentro da área do Vitória, senti-me 14 anos mais novo.

A falta não assinalada que Carlos Martins sofreu, também dentro da área, fez-me recuar à juventude. O fora-de-jogo inexistente que impediu Saviola de ficar isolado à frente de Nilson trouxe-me à memória o viço dos meus vinte anos. E, quando Cardozo viu um cartão amarelo por ter marcado um golo limpo, quase chorei de nostalgia. Sou um sentimental, e estes regressos ao passado comovem-me. Só não percebo a razão pela qual este Vitória de Guimarães - Benfica foi transmitido pela Sport TV, em lugar de ter passado na RTP Memória. Quanto a Olegário Benquerença, já conhecíamos o seu talento como imitador de Quim Barreiros (quem não conhecer, veja o vídeo no YouTube). Mas não sabíamos que ele também tinha jeito para imitar o Martins dos Santos.

Que se saiba, ninguém seguiu o conselho de higiene institucional que Carlos Queiroz nos deixou, gratuitamente, em meados da década de 90: não há notícia de alguém ter varrido a porcaria da Federação. Não serei eu a pôr em causa a necessidade de varrer porcaria, seja na Federação ou noutro sítio, mas, não tendo a porcaria sido varrida, foi com porcaria que Humberto Coelho chegou às meias-finais de um Europeu, e foi na companhia da mesma porcaria que Scolari conseguiu ser vice-campeão da Europa e quarto classificado num Campeonato do Mundo. Bem sei, bem sei: o mérito dos feitos de Humberto Coelho e Scolari é todo de Carlos Queiroz. Foi ele quem lançou as bases. Construiu a estrutura. Pensou o edifício das selecções. E a responsabilidade pelo actual momento da Selecção é de todos menos de Queiroz. Por azar, ele tomou conta da Selecção precisamente na altura em que o efeito da sua obra começou a desvanecer-se. Os seus predecessores destruíram as bases, ignoraram a estrutura e borrifaram-se no edifício. Curiosamente, Carlos Queiroz tem mais mérito e influência nos resultados da Selecção quando não está a treiná-la do que quando é seleccionador nacional. E, mesmo quando está longe, Queiroz consegue ser autor moral apenas dos êxitos: é ele o responsável pelo sucesso da equipa que fez um brilharete no Euro 2000, mas não tem responsabilidade nenhuma no desastre do Mundial de 2002, sendo que a chegada à final do Euro 2004 volta a ter o seu dedo.

O despedimento de Queiroz deve agradar, por isso, ambas as partes: à Federação – que, com processos disciplinares consecutivos, fez tudo para o despedir sem nunca dizer que queria despedi-lo; e ao seleccionador – que, insultando os médicos na Covilhã e o vice-presidente da Federação no Expresso, fez tudo para ser demitido sem nunca dizer que queria demitir-se. Por um lado, é uma pena que Queiroz e a Federação se separem. Fazem um lindo par.

No fim, a cabeça do polvo, pelos vistos, conseguiu o que queria - o que significa que este é o segundo octópode a ser bem sucedido no mundo do futebol em meia dúzia de meses. Infelizmente, dizem-me que ficávamos mais bem servidos se o polvo alemão que adivinhava resultados viesse ocupar o cargo de vice-presidente da Federação e Amândio de Carvalho fosse para dentro daquele aquário na Alemanha.

sábado, 11 de setembro de 2010

Não vamos desistir!

Desiludam-se todos os corruptos deste país que o Benfica e os seus adeptos vão desistir. NUNCA!!!
É geral e plenamente justificado o sentimento de frustração e de raiva que invade os benfiquistas face à roubalheira das arbitragens nos nossos jogos.
Existem até pedidos de vingança com sangue. Compreendo-os, eu próprio me senti ontem e ainda me sinto, possuído de uma raiva interior que não responderia pelos meus actos se um fdp qualquer me provocasse ontem.
Rui Costa, que esteve hoje no treino da equipa no Seixal, garantiu "Não vamos desistir"! É isso que nós sócios e adeptos temos de fazer, não desistir de apoiar a equipa.
Nenhuma equipa consegue manter-se de cabeça fria sendo sistematicamente roubada e prejudicada. Apesar da equipa ainda não ter mostrado o futebol da época passada, não é motivo para desanimar.
Embora sem levantar  o véu, Rui Costa deixou escapar que o Benfica vai reagir veemente contra este estado de coisas que se têm passado, não se sabendo ainda quando nem como!

O pior arranque de sempre

Segundo as estatísticas, o Benfica teve o pior começo de campeonato da sua longa história. Curioso não é?
Depois de ter sido campeão nacional e tendo uma grande equipa não é de estranhar este arranque? Está à vista que só pode ser por circunstâncias anormais.
A maior parte do "cumentadeiros" de meia-tigela batem na equipa porque não está a jogar nada que se pareça com a época passada. É o que eles dizem. Mas, não querem analisar as arbitragens dos nossos jogos e o dos adversários, já agora. Não sabem ou não querem saber que uma equipa que se vê prejudicada constantemente pelas arbitragens e pior que isso a ser amarelada por tudo e por nada, se sinta nervosa, revoltada e não renda o que está ao seu alcance?
É muito fácil dizer, joguem futebol e mostrem em campo que são melhores, quando está um fdp com um apito na boca que não os deixa jogar e lhes rouba as oportunidades de fazer golo, que esses sim moralizam uma equipa. Só uma super-equipa como a da maior parte da época passada seria capaz de o conseguir e esta, embora não fique atrás em termos de qualidade, ainda não atingiu os patamares exibicionais da anterior.

Até os paineleiros do Jogo reconhecem

Ficou uma grande penalidade por assinalar a favor do Benfica.
Esta é a opinião unânime do painel de O JOGO, que considera que Carlos Martins foi carregado em falta por João Alves dentro da área vimaranense. Pedro Henriques crê ainda que outra devia ter sido marcada, por falta de Ricardo sobre Aimar, e assinala, juntamente com Jorge Coroado, o fora-de-jogo mal sancionado a Saviola na primeira parte. Paulo Paraty dá o benefício da dúvida ao árbitro. 
Apreciação global

Jorge Coroado
Em jogo simples e sem problemas de maior. Não se compreendeu a ânsia em mostrar amarelos. Seriam recordações trazidas da África do Sul para os jogadores?
Pedro Henriques
Jogo muito intenso, com um árbitro de grande nível que tomou algumas decisões menos assertivas, como as grandes penalidades não assinaladas.
Paulo Paraty
Foi um jogo de grande intensidade, com muitos lances controversos, acompanhados de perto pelo árbitro. Gestão disciplinar não foi a mais correcta.

Revolta, raiva, vergonha. É o que sinto!

A minha revolta, tal como a doutros milhões de benfiquistas, é tanta que me apetecia pedir à direcção da SAD do Benfica para que a nossa equipa não comparece-se no próximo jogo fora de casa.
Talvez quando começarem a sentir a falta nos bolsos alguma coisa mude. Sem o Benfica o futebol português não vive. Então porque nos deixamos comer assim?
Vamos mas é apostar forte na Liga dos Campeões já que este campeonato tem dono e na Liga pelo menos não seremos escandalosamente roubados!
Claro que isto não passa duma ideia maluca pela raiva que sinto. Raiva pelo sentimento de impotência para lutar contra um polvo do tamanho de Portugal.
Mas, talvez fosse uma forma dos estrangeiros olharem para o campeonato português e de perguntarem o que se passa. Aí, talvez os nossos governantes tivessem a coragem de pôr um ponto final na pouca vergonha que grassa no futebol português.
Alguma coisa tem de ser feita de concreto porque só as palavras de Luís Filipe Vieira e Rui Costa, não serão suficientes para alterar o status quo.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Fuck you Olegário!

 (Roubado no amigo Indefectível)
Estou desanimado, confesso!
O sistema está no auge e estamos mais do que nunca a ser impedidos de ganhar este campeonato.
Arbitragem vergonhosa dum árbitro internacional.
Até um anti-benfiquista como o Coroado, diz isto hoje no NOJO.
Trata-se de um jogo normalmente competitivo, aguerrido, muito lutado, que em alguns dos intervenientes forma nó no estômago devido a funestas recordações, algo a que o filiado designado não se exime, pois era o árbitro do malfadado encontro do decesso de Miklós Fehér. Após o Mundial de África do Sul, dirige pela primeira vez uma partida em terras lusas. Confiante, seguro, agora também de ego mais alimentado, é um elemento de personalidade vaidosa, porque gosta de arrebitar o nariz julgando-se "o maior". Esta será uma oportunidade para verificar se consegue estar ao nível das actuações sóbrias alcançadas além-fronteiras. Quando lhe calha em sorte arbitrar os visitantes, algo não corre de feição, ficando a sensação de serem os encarnados a besta negra da sua carreira.

Animais corruptos!

O autocarro do Benfica voltou a ser apedrejado pelos adeptos do clube corrupto à saída da cidade do Porto para Guimarães. Resultado, um vidro partido.
Vergonha! E as autoridades não fazem nada, mais uma vez?
A direcção da SAD tem de exigir responsabilidades a quem de direito.
Aquela escumalha criminosa não tem emenda!

Há algum mal?

"Sendo a renovação do título o objectivo prioritário, Jesus vale-se de todo o tipo de estratégias e aproveita a vontade de jogadores abnegados como Coentrão, sempre disposto a sacrificar-se pelos interesses do grupo. O técnico só hoje divulga a convocatória final, mas o lateral das Caxinas está praticamente refeito da contractura sofrida na coxa esquerda". 
O sublinhado é meu!
Pergunto, há algum mal nisso?
Enquanto para os andrezinhos da vida é tudo elogios, o facto de Jesus ter escondido a convocatória parece ser crime, vigarice ou coisa parecida. Vão-se f.!

Tão amigos que eles são

Nas vésperas dum jogo importantíssimo para os dois emblemas (FC Porto-Braga), o técnico Villas-Boas desfez-se em elogios a Domingos Paciência.
Declarou-se adepto apaixonado por Domingos quando era jogador do FCP, tendo abordado na altura o seu vizinho, o treinador Bobby Robson, para questioná-lo sobre a não utilização do avançado no onze portista.
Estou curioso para ver como vai correr este jogo de sábado no estádio do Dragão. Espero que o Braga não abra as pernas como no ano passado!
O rapazinho também falou da arbitragem da Supertaça, em resposta às declarações de Luís Filipe Vieira na SIC, nestes termos.
«Não sei se o presidente do Benfica se referiu às equipas de arbitragem do Benfica ou do F.C. Porto. Já sabia que nesta paragem o entretenimento seria a arbitragem. Só tenho pena que a arbitragem na Supertaça não tenha recebido a mesma atenção por parte do presidente do Benfica».

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Os desmancha-prazeres

No jogo de apresentação aos sócios o clube que se apresenta e respectivos adeptos gostam de ganhar. Apresentar-se com derrota não é nada agradável!
Pois bem, a nossa equipa de andebol está feita uma desmancha-prazeres. Depois de ter vencido o ABC na apresentação há uns dias atrás, hoje fez o mesmo ao Belenenses.
Espero que seja um bom prenúncio para a nova época e que possamos ser campeões ou pelo menos discutir o título taco-a-taco, coisa que não aconteceu na época passada.
A equipa apresenta-se mais equilibrada e com mais soluções. O técnico iniciou a época no comando, coisa que não aconteceu no ano passado, por isso vamos ter esperança numa boa época, de preferência com títulos.

Depois de LFV, agora o Simões

O Secretário de Estado da Juventude e Desporto está a ser acusado de culpado no caso Queiroz. 
Não morro de amores por esse indivíduo e acho que sim senhor está a mais, tantas coisas já fez , algumas delas a lesar o Benfica, ou deixou de fazer, como por exemplo deixar a FPF continuar a andar fora-da-lei sem tomar medidas drásticas, porque será, porque será? Mas, acho que no caso Queiroz finalmente está a fazer o que deve.
Depois de Luís Filipe Vieira ontem, hoje é António Simões, velha glória do Benfica e ex-técnico da FPF que aponta o dedo a Laurentino Dias.
Vamos ver no que vai dar todo este circo à volta da FPF, Queiroz e C.ª!

Enfie a carapuça quem quiser

Ontem na entrevista à SIC e a propósito da compra e respectivo valor monetário de Roberto, o presidente disse que no Benfica é tudo às claras, os pagamentos são feitos através dos Bancos, via Swift para as contas dos vendedores e não para of-shores.
Toma Bimbo e embrulha!

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Que simpático!

Quem diria que o Prof. Manuel Machado ainda iria elogiar mesmo que indirectamente Jorge Jesus. Aconteceu algum milagre, ou estaria simplesmente a ser irónico?
«O Roberto tem competência, com certeza, e as pessoas que gerem o Benfica já deram provas de serem conhecedoras o suficiente deste fenómeno para fazerem as contratações, que na sua generalidade até são muito boas. O Roberto, com tempo, irá afirmar-se no futebol português».
A minha alma está parva!

Rescaldo da entrevista de LFV à SIC

Mantorras:
Será discutido na 6ª feira o seu futuro que certamente passará pelo abandono do futebol mas ligado ao Benfica.

Roberto:
Tem toda a confiança da direcção e equipa técnica, nunca foi ponderada a sua saída antes do fecho do mercado e ainda vai dar que falar no futuro.
Sobre as insinuações de recebimento de comissões, mostrou-se indignado e disse que no Benfica paga-se através de bancos via swift por isso não há nada a esconder.

Arbitragens:
Pediu isenção e critérios iguais para todos os jogos e clubes, afirmando que o Benfica foi lesado nos dois jogos em que perdeu, especialmente contra a Académica. Aleluia, digo eu!

Simão:
Nunca foi equacionada a sua vinda, nem tão pouco Jorge Jesus a vetou, ao contrário do que foi escrito nestes últimos dias.

Di Maria:
Não teria sido vendido se o Benfica não tivesse já contratado o Gaitán. E afinal foi vendido por 30 milhões, mais 6 possíveis se cumprir determinados objectivos, não especificados, e ainda um jogo Benfica-Real Madrid na Luz, com receita para o Benfica.

Pinto da Costa:
Ignorou, não quis comentar as declarações de que o Benfica era um bando de caceteiros!

Queiroz/Selecção:
Culpou o secretário de estado, Laurentino Dias por tudo o que está a acontecer. Na sequência falou do caso Nuno Assis e da perseguição que foi movida ao Benfica pela ADoP depois disso, controlando todas as modalidades do clube.

Mensagem final:
Pediu para que todos os que estão ligados ao futebol estarem atentos para que não aconteçam casos como o do último Corruptos-Benfica no Dragão e para que as arbitragens sejam isentas.

Há algum tempo atrás não era assim

O guarda-redes Djuricic do U. de Leiria é actualmente o titular da selecção da Sérvia. 
Entrevistado pela Bola Branca da R.Renascença disse pretender continuar a jogar bem para mudar para um clube melhor, "Gosto de Benfica e FC Porto e a minha ambição é jogar num deles".
Há pouco mais de um ano talvez não dissesse que gostasse de jogar no Benfica. O quanto não vale ser campeão! Por isso, vamos fazer tudo para revalidar o título porque além do prestígio, dá dinheiro.
Agora num àparte, o rapaz não é esquisito. Se o fosse não escolheria um ou outro porque não têm nada a ver um com o outro.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Esperança por Coentrão

A dois dias do jogo com o V. de Guimarães que é importantíssimo para o Benfica, a grande dúvida é Fábio Coentrão.
Depois de se saber que a sua lesão era uma mialgia e não ruptura muscular, criaram-se expectativas de que seria possível a sua recuperação.
A seguir veio a descrença, mas agora surgem de novo esperanças porque o próprio jogador está empenhadíssimo em ajudar a equipa, curiosamente no mesmo estádio onde contraíu a lesão.
Porém, tendo jogo na próxima 3ª feira contra o Hapoel Telaviv para a Liga dos Campeões talvez fosse melhor não arriscar, mas que nos faz falta, faz e muita.

Related Posts with Thumbnails